Os cães da raça Shih-Tzu são propensos a uma série de doenças, veja quais são algumas das principais delas
Reprodução/Pixabay
Os cães da raça Shih-Tzu são propensos a uma série de doenças, veja quais são algumas das principais delas

Qualquer cão pode sofrer com problemas de saúde. Contudo, algumas raças, devido à manutenção de sua carga genética – para manter as chamadas “raças puras” – acabam sendo mais dispostas a determinados problemas de saúde do que outras. Por serem geneticas, também são doenças hereditárias, ou seja, são levadas para as futuras gerações do pet. Um exemplo disso são os cães da raça Shih-Tzu

Braquicefalia

Algumas doenças estão ligadas diretamente a carga genética da raça
Pixabay
Algumas doenças estão ligadas diretamente a carga genética da raça

Alguns dos principais problemas de saúde estão diretamente ligados a genética da raça, ou seja, eles não têm cura. O primeiro deles é a síndrome da braquicefalia, problema que acomete os cães de focinho curto  (ou achatado), que causa graves problemas respiratórios ao animal, além de problemas relacionados ao calor – cachorros braquicefálicos não conseguem regular a temperatura do corpo .  

Insuficiência Renal

Os sintomas mais comuns da doença renal  são a perda de apetite, aumento no consumo de água e, como problema genético, o animal pode nascer com disfunções na constituição dos túbulos renais ou, em alguns casos, com apenas um rim. Se não for tratada adequadamente, a insuficiência renal pode levar o pet à morte.

Problemas de pele e alergias

O shih-tzu está entre as raças que mais sofrem com problemas de pele, como alergias e dermatites. Um dos mais comuns é piodermite, doença que ataca a epiderme e o pelo, são lesões que podem ser superficiais ou mais profundas, sendo causada por uma bactéria chamada Staphylococcus pseudintermedius.

dermatite atópica é outro problema comum nesses cães e entre as causas mais prováveis está o contato direto com substâncias que o pet possa ser alérgico, como produtos de limpeza e higiene , ou até mesmo materiais comuns da casa, como materiais sintéticos usados em carpetes, cobertores e outros. A dermatite causa coceira que, se não tratadas, podem acarretar em feridas.

Você viu?

Ingredientes usados na alimentação do pet também são fatores. Milho e soja, por exemplo, são altamente alérgicos e podem estar presentes até em rações mais caras. Além dos problemas na pele, a dermatite também pode causar vômito e diarreia, fazendo com que o animal perca peso com muita facilidade. Por isso, a qualquer sinal da doença, o tutor deve levar o cachorro ao hospital veterinário o mais rápido possível.

Problemas oculares

A região dos olhos desses animais merecem atenção especial por parte dos tutores
Pixabay
A região dos olhos desses animais merecem atenção especial por parte dos tutores

Muitos problemas oculares também podem atrapalhar a vida desses cãezinhos , os shih-tzus têm olhos grandes e órbitas rasas, o que os dá aquele visual de “olho esbugalhado”. Como são animais de pelos longos, o contato dos pelos com os olhos pode causar irritações e até lesões mais séries, que pode causar úlcera na córnea.

Os pelos em contato com os olhos também podem causar uma irritação nas glândulas lacrimais, chamada de “lacrimejamento constante”. O corte dos pelos próximos a região dos olhos pode ajudar a resolver esses problemas, contudo, alguns profissionais indicam apenas que os pelos do pet sejam presos. Esse problema também é comum em animais de pelos mais longos,  como o Lhasa Apso e o Pequinês, por exemplo – as três raças, inclusive, são consideradas “primas”, e sofrem com problemas de saúde bem semelhantes.

A lagoftalmia provoca o não fechamento adequado das pálpebras do pet, deixando os olhos expostos ao ressecamento, e facilitando traumas, como os mencionados anteriormente e a conjuntivite.

Problemas mais sérios como atrofia progressiva de retina e displasia da retina (camadas de tecido dobrado na retina em sentido oposto ao normal) podem causar perda parcial ou completa da visão.

Problemas na coluna e displasia

As costas longas desses cães podem trazem problemas de coluna
Pixabay
As costas longas desses cães podem trazem problemas de coluna

Os Shih Tzu também sofrem de problemas devido às costas longas. Principalmente quando estão em uma idade mais avançada, podem sofrer de problemas na coluna . Como quando os discos intervertebrais que amortecem a coluna do pet saem do lugar, se rompem ou incham, causando fortes dores ao animal.

Displasia é ocasionada pela má formação das articulações que ligam os ossos da coxa, fêmur e bacia.  A displasia coxofemural problema é comum em diversas raças .

Em casos mais graves pode causar paralisia ao animal. Visitas periódicas ao veterinário são importantes para evitar maiores problemas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários