Tamanho do texto

Acupuntura, hidroginástica e massagem são exemplos de tratamento que reduzem as dores nas costas

Cachorro com dores na coluna é algo bastante comum entre os peludos, principalmente os idosos. Contudo, muitos donos não tem ideia de que seu bichinho está com esse problema, que acaba passando despercebido. Isso acontece porque a consulta de rotina no veterinário não é realizada, impedindo que várias doenças sejam detectadas antecipadamente.

Leia também: Dor na coluna vertebral do pet e dificuldade de andar? Pode ser hérnia de disco

Algumas raças são mais propensas do que outras a ter problemas nas costas, em particular os exemplares com estrutura mais comprida, como é o caso do Dachshund, Beagle e Basset Hound. Pensando nisso, separamos algumas dicas para ajudar um cachorro com dores na coluna a ter uma vida de qualidade e com o mínimo de sofrimento. 

Dicas para diminuir as dores na coluna

Dicas simples pode ajudar um cachorro com dores na coluna a ter uma vida de qualidade e com o mínimo de sofrimento
reprodução shutterstock
Dicas simples pode ajudar um cachorro com dores na coluna a ter uma vida de qualidade e com o mínimo de sofrimento

1) Hidroginástica

A hidroginástica é um ótimo exercício para aliviar as dores nas costas . Você pode levá-lo junto com você para nadarem na piscina, mas o recomendado é procurar profissionais especializados em fisioterapia veterinária. Eles são os indicados para que o tratamento seja realizado corretamente. 

2) Compressas de água quente

Nos dias em que as dores estiverem bem intensas, faça compressas de água quente na região afetada. É importante que o animal esteja com a coluna ereta para o cuidado ter efeito. Verifique antes se a água não está muito quente, pois pode queimar o cão. 

3) Acupuntura

A acupuntura é um tratamento alternativo que tem se mostrado benéfico para vários problemas, inclusive dores nas costas. Procure por um médico veterinário especializado no procedimento. 

4) Massagem

Massagem nas costas é um método simples, mas que pode ajudar muito no alívio das dores. Não utilize gel ou hidratante, apenas suas mãos, e coloque o animal sobre uma superfície dura. Se não tiver ideia de como fazer, pergunte ao veterinário qual o melhor jeito de realizar a massagem. 

Leia também: 10 passos para você aprender a fazer massagem em cachorro

Cuidados simples no dia a dia

Massagem nas costas é um método simples, mas que pode ajudar muito no alívio das dores
shutterstock
Massagem nas costas é um método simples, mas que pode ajudar muito no alívio das dores

Além das dicas que ajudam no alívio das dores, alguns cuidados básicos no dia a dia são importantes para não agravar o problema. Primeiramente, não deixe que o pet suba e desça escadas. Esse ato requer muita flexibilidade da coluna vertebral e, para os animais com dores nas costas, é uma tarefa bastante dolorosa. 

Não permita, também, que ele suba em sofás, camas e cadeiras. O momento da subida e descida causa fortes impactos na coluna, por isso é importante evitar. Durante os passeios, opte por caminhos mais curtos e com terrenos regulares. Essa escolha irá ajudar a reduzir o desconforto na hora de andar.

Quando precisar carregar o animal, segure-o pela região do tórax e pélvica simultaneamente. Jamais suspenda só pelo tórax, pois causará bastante incomodo e dor. Evite que o cão ande em chão liso, já que a tendência é escorregar nessa superfície, algo péssimo para quem tem problema na coluna. 

Leia também: Acupuntura veterinária melhora a qualidade e a expectativa de vida dos animais

Por fim, não deixe de visitar o veterinário regularmente. Um cachorro com dores na coluna precisa de acompanhamento trimestral. Se você seguir as recomendações médicas, é bem provável que o pet tenha uma vida melhor e com poucos incômodos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.