Tamanho do texto

Uma espécie de infecção de ouvido para os humanos, a otite causa coceira e dores nos cachorrinhos

Seu cãozinho fica, por vezes, coçando constantemente as orelhas? Balança a cabeça, sem motivo aparente, de um lado para o outro? Ele faz tudo isso repentinamente? Em suas orelhas possuem algumas feridinhas? Cuidado! Ele pode estar com otite canina!

+ Casal recebe novo gatinho com sessão de fotos inusitada e divide opiniões na web

A otite nada mais é que uma inflamação do conduto auditivo que leva a produção de uma cera diferente, com a coloração alterada e em excesso. Ela pode causar o que seria uma dor de ouvido para nós e é extremamente incômoda para os animais. Entenda um pouquinho seus sintomas e maneiras de preveni-la.

Confira os sintomas da otite e previna o seu cãozinho
reprodução shutterstock
Confira os sintomas da otite e previna o seu cãozinho

A doença é mais aparente nos cães por terem o canal do ouvido comprido e fechado. Este cenário gera maior facilidade na replicação de ácaros, fungos e bactérias, tendo em vista que estes adoram locais úmidos e quentes, assim como as orelhas.

Algumas raças, por terem orelhas grandes e caídas que abafam o ouvido, acabam sendo mais suscetíveis à doença, são elas: Cocker Spaniel , Teckel, Basset Hound , Golden Retriever , Dachshund , Setter Irlandês , Labrador Retriever  e Pastor Alemão . No entanto, qualquer uma pode adquirir a otite canina.

Os sintomas são:

  • coceira intensa;
  • balançar demais a cabeça de um lado para outro;
  • dor e choro ao coçar;
  • cheiro forte no ouvido;
  • secreções;
  • perda de audição;
  • falta de apetite devido a dor;
  • excesso de cerúmen (cera).


Confira os sintomas da otite e previna o seu cãozinho
reprodução shutterstock
Confira os sintomas da otite e previna o seu cãozinho

A otite pode surgir a partir de inúmeros meios: por fungo, infecção, parasitas, predisposição genética, produção excessiva de cera, alergias, questões hormonais, entre outros. Por este motivo, medicar o cachorro por contra própria pode ser perigoso, uma vez que esse tipo de doença não possui uma única causa, ela aparece de formas diferentes e, portanto, exige tratamentos distintos.

+ Shampoo para cães: O que você precisa saber antes de comprar

Para prevenir esse mal é importante manter a higiene das orelhas sempre em dia. Tomar cuidado na hora do banho do cãozinho, para que não entre água em seu ouvido (uma boa opção é colocar bolinhas de algodão que impeçam a entrada do líquido), bem como secar tanto a orelha, como o ouvido corretamente ao fim do processo.

Confira os sintomas da otite e previna o seu cãozinho
reprodução shutterstock
Confira os sintomas da otite e previna o seu cãozinho

É preciso ficar atento ao potinho de água do seu cãozinho já que, às vezes, suas orelhas podem encostam na vasilha, deixando-as molhadas. E aí está o problema: um ambiente úmido facilita a proliferação de fungos que podem causar otite. Por fim, em casos de excesso de pelos na orelha, o correto é levar o cachorro regularmente para fazer a tosa higiênica.

+ Entenda o porquê de seu cãozinho adorar destruir os papéis de casa

Em qualquer caso de aparição dos sintomas é importante levá-lo ao veterinário para que seja feito os exames e um diagnóstico preciso e correto. A otite canina é uma doença séria e, quando não tratada corretamente, pode levar até a quadros mais graves.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.