Tamanho do texto

As moscas são um perigo para a saúde do pet, pois carregam diversas bactérias, dentre elas as causadoras da miíase e berne

As moscas são uma praga que perseguem todos. Esse inseto adora entrar nas residências e rondar os cômodos, principalmente a cozinha, pois costuma ter comida exposta. Ele pode parecer inofensivo, mas carrega diversas bactérias em seu corpo e elas fazem mal. É por isso que espantar as moscas deve ser uma tarefa diária e sem fim. 

Aprenda a cuidar corretamente das patas do cachorro

Esse inseto, além de incomodar os humanos, também é um problema para os cães. É bastante comum vê-lo rondando os animais, principalmente aqueles que vivem em área externa. Novamente, elas não fazem nenhum mal diretamente, mas os micro-organismos que carregam sim. Saber como  afastar as moscas  é garantir a boa saúde do seu cachorro. 

Portanto, se você já reparou que seu bichinho vive sendo perseguido por esse inseto, é hora de tomar alguma atitude. Ele pode estar correndo risco de contrair alguma doença como miíase e berne. Iremos mostrar quais problemas de saúde ele corre o risco de ter, como evitar o inseto no ambiente e como manter seu pet seguro. 

É importante espantar as moscas do cachorro para evitar que ele contraia alguma doença
Reprodução Pinterest
É importante espantar as moscas do cachorro para evitar que ele contraia alguma doença


Doenças transmitidas pelas moscas

As moscas podem nos parecer inofensivas, mas isso não impede que elas sejam transmissoras de doenças. Já foi comprovado que este inseto carrega em si 351 bactérias diferentes. Algumas causam enfermidades, mas outras nem são conhecidas pelo ser humano. Então, além de causar problemas de importância médica, os outros micro-organismos podem gerar doenças que nem imaginamos. 

Esse é um dos principais motivos para as moscas ficarem longe dos cães. O dono estará cuidando da saúde e prevenindo possíveis doenças afastando-as. Dentre os problemas conhecidos, existem pelo menos quatro enfermidades graves que este inseto pode causar:

Se o pet contrair alguma delas a chance de falecimento é alta. Não são todas as moscas que carregam essas bactérias, mas como é impossível ter certeza, a melhor opção é prevenir e garantir a saúde do animal.

Evitando moscas no ambiente

A espécie mais conhecida é a Musca domestica , ou seja, a mosca doméstica. Essa é aquela que vive entrando nas casas e parando em cima das comidas. É a mais vista porque se reproduz rapidamente, chegando a botar em torno de 500 a 800 ovos durante sua vida. Normalmente, os locais de deposição são lixo, fezes e áreas úmidas e escondidas. 

Por causa do seu método de reprodução, a higiene é o método mais eficaz para afastá-las. Se o seu cachorro vive em área externa, mantenha uma rotina diária de limpeza desse lugar. Recolha as fezes, limpe a urina para evitar que o cheiro atraia as moscas e, se puder, lave o local que ele fez suas necessidades. 

Evite manter entulhos no quintal. Retire dejetos e material orgânico em decomposição, pois também ajudam na proliferação de moscas. A limpeza e organização são infalíveis na hora de eliminar esses insetos, já que não combinam como seu método de reprodução. 

É importante afastar as moscas do cachorro para evitar que ele contraia alguma doença
reprodução shutterstock
É importante afastar as moscas do cachorro para evitar que ele contraia alguma doença

É também importante manter a higiene do animal em dia. Dê banho regularmente e escove os pelos para prolongar a limpeza. Além disso, troque a água do bebedouro com mais frequência e mantenha o comedouro também limpo. A casinha e os potes devem ficar num local arejado e com sombra. 

Vale ressaltar que as moscas não se reproduzem no animal. No entanto, são insetos oportunistas e se aproveitam de feridas abertas e mal cuidadas. As varejeiras, transmissoras da miíase, depositam seus ovos justamente em machucados. Por isso, lembre-se de verificar se seu pet tem algum ferimento e leve-o ao veterinário. Ele saberá identificar se o bichinho contraiu alguma doença e qual o melhor tratamento. 

Mantendo as moscas longe das orelhas do cão

Existem algumas moscas que picam a ponta das orelhas do cachorro para se alimentarem de sangue, pois é uma região final e facilmente perfurável. Essas feridas formam crostas de sangue coagulado, causando dores e incômodo ao animal. Tal problema pode evoluir para algo maior, como quando os pequenos vasos da orelha estouram, causando acúmulo de sangue na região. 

Raças como Pastor Alemão e Husky Siberiano são os mais atingidos por essas moscas, pois suas orelhas pontudas são alvos fáceis. Entretanto, cães de orelhas caídas com a pelagem curta também não se livram das picadas. 

Quais são as maneiras corretas de escovar o pelo do cachorro?

Se o seu cão sofre deste mal, leve-o imediatamente a um médico veterinário. Ele receitará um unguento e outros remédios para tratar a ferida. Dependendo da gravidade da situação, será preciso aplicar pomada com antibiótico e limpar diariamente a região com soro fisiológico ou sabonete antisséptico. Também é preciso evitar que moscas pousem no local, então o uso de repelente é imprescindível. 

Repelentes para cães

Além de manter o ambiente limpo e dar banho regulares no animal, é importante usar repelente para manter as moscas completamente afastadas. Esse produto é uma proteção extra, pois não tem como eliminar completamente este inseto. Seu uso deve ser maior no verão, pois é época de proliferação. 

É importante afastar as moscas do cachorro para evitar que ele contraia alguma doença
Reprodução
É importante afastar as moscas do cachorro para evitar que ele contraia alguma doença

Em pet shops é possível encontrar repelentes próprio para animais a base de óleo de citronela e óleo de Neen. Borrife o spray por todo o corpo do cão, tomando cuidado com a região do rosto. Aplique uma ou duas vezes ao dia. Jamais utilize repelentes humanos, pois não são recomendados para pets. 

Uma opção diferente é fazer uma solução caseira. Misture 300 ml de óleo mineral e 40 ml de óleo de citronela. Este repelente pode ser aplicado apenas na orelha do cão ou no corpo todo, mas evite passar em excesso. É possível também unir o óleo de citronela com outra substância. Misture cerca de 100 ml e mais 500 ml de veículo para perfumaria. Os dois ingredientes devem ser colocados num pulverizador. Outra substância possível é extrato ou essência de eucalipto e vaselina líquida. Não passe demais, pois esse produto em demasia pode amolecer a pele da orelha. 

Conheça os diferentes tipos de tosa e escolha a melhor opção para seu cachorro

O repelente feito de citronela pode ser aplicado no espaço em que o cão vive. Borrife nas paredes, plantas e objetos próximo. A citronela é muito eficiente para afastas as moscas e os mosquitos, por isso também é possível usar em toda a casa. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.