Tamanho do texto

Apesar de desafiador, às vezes certos cães merecem o esforço de treiná-los

Um dos maiores desejos da maioria dos tutores é adotar um cachorrinho que logo se orne educado e bem adestrado. "Rola", "deita" e "senta", assim como "dá a patinha", são os comandos que toda pessoa gostaria de ver seu pet responder. Mas e na hora de decidir dentre as várias raças de cachorro, como saber se a escolhida vai ser treinada com facilidade?

+8 raças de cachorro que quase não soltam pelo

Por incrível que pareça, é possível ter uma previsão de como será o desempenho de determinado cachorro antes mesmo de adotá-lo. Porém, também é importante esclarecer que tudo depende do tipo de criação e treinamento dado ao pet. Várias circunstâncias devem ser levadas em conta, não só a origem ou temperamento das raças de cachorro

Ficou curioso para saber quais são as raças mais difíceis de treinar ? Então confira a lista abaixo e atente-se na hora de escolher seu próximo pet!

Husky Siberiano

Husky Siberiano
shutterstock
Husky Siberiano


É um cão muito inteligente e independente. Não é do tipo que faz de tudo para agradar o tutor. Pelo contrário, a tendência é fazer o que agrada a si mesmo e tornar-se líder da casa. Por isso, quem adotá-lo precisa ter pulso firme e dominância suficiente sobre ele. 

Bastante espertos, normalmente seguem as regras e comandos durante o treinamento, mas dentro de casa não agem da mesma forma. Pode ser um pouco estressante treinar o Husky Siberiano .

Lhasa Apso

Lhasa Apso
Reprodução
Lhasa Apso


Como a raça é considerada filhote até quase os três anos, amadurece lentamente. Isso pode ser frustrante durante os treinamentos, já que o cão dificilmente vai levar as aulas a sério. Ele pode tender à manipulação, pois é inteligente e possui capacidade única de raciocinar, sendo preciso pulso firme para ensiná-lo a obedecer.

A teimosia e a coragem fazem parte da personalidade do Lhasa Apso  e atrapalham quando o assunto é adestramento. Não é das raças mais impossíveis de aprender, mas exige paciência e tempo do tutor, que, de preferência, deve ser experiente.

Akita

O Akita chama atenção por sua elegância
Reprodução
O Akita chama atenção por sua elegância

O Akita é um cão cheio de personalidade e muito teimoso, o que dificulta bastante o treinamento. Não são todas as pessoas que podem ter um cão dessa raça: sua lealdade faz com que somente o tutor possa treiná-lo. Além disso, precisam de um  adestramento específico, regado de muita paciência e tempo de sobra da família.

Tutores de primeira viagem, pessoas tímidas ou que têm dificuldade de assumir o controle podem ter problemas em treiná-lo. É válido procurar um especialista ou pessoas mais experientes para dar dicas, por exemplo.

Chow Chow

O Chow Chow é conhecido por sua língua azul
Reprodução
O Chow Chow é conhecido por sua língua azul


Tende a apresentar sinais de indisciplina e liderança, logo quando filhote. Deve ser treinado para evitar que superproteja seu tutor e torne-se dominante na casa. Dentre 79 cães, está na posição 76 no ranking de inteligência, o que demanda paciência e tempo da família para adestrá-lo. 

O Chow Chow  demora a responder aos comandos e aprende só o básico. Independência e teimosia complicam ainda mais o treinamento.

Beagle

Os beagles são considerados cachorros de caça
Reprodução
Os beagles são considerados cachorros de caça


Teimoso é pouco para descrever o Beagle . Um cão que sem dúvida lidera os rankings de dificuldade de treinamento, ele está sempre obstinado a seus objetivos e é bastante desobediente. Além disso, demora para decorar as regras e distrai-se rapidamente. 

Precisa ser adestrado para evitar o comportamento destrutivo típico da raça, além de prevenir que arranhe e mastigue coisas da casa. Deve ser treinado durante os dois primeiros anos de vida, quando ainda é considerado filhote.

Bulldog Inglês

Esses são os cachorros mais caros do mundo
shutterstock
Esses são os cachorros mais caros do mundo


O desafio de treinar essa raça envolve não só o fato de ser teimosa, mas principalmente por ser um cão preguiçoso. Não se anima com jogos e exercícios intensos e é difícil prender sua atenção por muito tempo.  É comum fingir que não escuta o tutor. Portanto, não espere um Bulldog Inglês  que saiba vários truques e comandos.

Dachshund

Dachshund
Reprodução/ Redes Sociais
Dachshund


O famoso "salsicha" é muito inteligente e perspicaz, criando suas próprias regras. Isso não só o torna teimoso e resistente ao adestramento, como é um desafio aos tutores.

O ideal é ter esse cão depois de já ter certa experiência com outros cachorros. Além disso, o Dachshund  tende a latir e deve ser adestrado para evitar esse tipo de comportamento, bem como o fato de ser desconfiado com estranhos. 

Rottweiler

Rottweiler é uma das raças de cachorro mais difíceis de treinar
shutterstock
Rottweiler é uma das raças de cachorro mais difíceis de treinar




É teimoso, mas não o mais desafiador para treinar. É inteligente e exige estímulos contínuos. Demanda um tutor com pulso firme e liderança suficiente para dar conta dele. É necessário ter tempo e dedicação para conquistar o respeito e a obediência do Rottweiler . Deve ser adestrado para evitar comportamento agressivo, principalmente com estranhos e outros cães.


Shar Pei 

Shar Pei
Reprodução/ Shutterstock
Shar Pei


O Shar Pei  é autoconfiante e teimoso. Tem uma personalidade própria e marcada pela independência. Também precisa de um tutor firme e consistente, que mostre presença e imponha respeito. Demora um pouco para aprender as regras e deve ser lembrado constantemente. Mas com dedicação e paciência ele será bem treinado.

Jack Russell Terrier

Jack Russell Terrier
Reprodução/ Shutterstock
Jack Russell Terrier


Ensinar um Jack Russell Terrier  é uma das tarefas mais difíceis do mundo canino. Exige paciência, tempo, disposição, senso de humor e muita energia, pois além de agitados eles também são teimosos. É preciso mantê-lo entretido e ser consistente, caso contrário ele vai criar as próprias regras. 

+9 raças de cachorro para quem mora sozinho


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.