Um cão em desnutrição apresenta sinais externos, como pelos sem brilho e perda de peso e massa muscular
reprodução shutterstock
Um cão em desnutrição apresenta sinais externos, como pelos sem brilho e perda de peso e massa muscular

Não é incomum que encontremos animais em situação de abandono, ou maus-tratos, que estejam com a saúde deteriorada e se mostrando bem magrinhos. E é natural que tenhamos a ideia de que oferecer alimento para o animal seja o melhor a se fazer no momento, mas não é bem assim que funciona.

Um alimento inadequado ou em quantidade errada é perigoso para o animal, podendo até mesmo ser fatal, pois o pet, além de magro, pode estar sofrendo com doenças maiores, como vermes e parasitas.

De acordo com a médica veterinária Priscila Brabec, é importante compreender que a desnutrição pode ser gerada por uma série de fatores, caracterizando-se pelo déficit de nutrientes. Entre as causas mais comuns do problema estão infestações por parasitas intestinais, síndrome da má absorção, períodos sem se alimentar ou alimentação inadequada.

“Qualquer período longo sem alimentação pode contribuir para o desenvolvimento de um quadro de desnutrição. O indicado para animais adultos é de no mínimo duas refeições ao dia, seguindo as especificações do médico veterinário”, explica.

Sintomas da desnutrição

Os animais desnutridos podem apresentar vômitos e diarreia, perda de peso corporal, perda de massa muscular, apresentar pelos sem brilhos/opacos, desordens dermatológicas, desidratação e apatia.

“Em casos extremos é possível notar queda drástica de peso com o cão apresentando baixa quantidade de gordura  e massa muscular, sendo possível observar suas estruturas ósseas”, alerta Priscila.

Você viu?


Cuidado ao oferecer água ou alimento

A veterinária alerta que oferecer grandes quantidades de alimento a um cão ou gato que está sem comer por longos períodos não é indicado, pois o excesso pode sobrecarregar o sistema digestivo do animal. Água deve ser oferecida sempre limpa e fresca.

Um médico veterinário poderá avaliar qual alimento será ideal para a recuperação do animal – alimento seco, úmido, com alto teor calórico, por exemplo – dependendo de seu estado, e o ideal é oferecer pequenas porções e frequentes ao longo do dia, até que o animal se recupere.

O que fazer caso encontre um animal desnutrido

No caso do acolhimento de um animal abandonado com sinais aparentes de desnutrição, o indicado é buscar atendimento veterinário. Dessa forma, será possível avaliar o estado de saúde geral do pet e indicar os exames e demais tratamentos que são necessários para a recuperação do cão ou gato.

Além disso, é fundamental que o tutor adote medidas em casa para manter o bem-estar do animal.

Suplementos podem ser aliados

O déficit nutricional afeta a saúde e o bem-estar dos animais. Em muitos casos a escassez de nutrientes pode ser silenciosa, sendo causada por problemas que afetam a adequada absorção em nível intestinal, portanto qualquer manifestação de uma deficiência nutricional deve ser avaliada e tratada prontamente.

“Os suplementos são aliados na saúde dos animais de estimação e podem auxiliar na reposição de vitaminas, minerais e suporte ao sistema imunológico”, exemplifica.

O médico veterinário deverá avaliar quais suplementos serão importantes para cada situação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários