Quanto mais cores e diversidade de materiais, melhor o brinquedo
Shuttersock
Quanto mais cores e diversidade de materiais, melhor o brinquedo

Ter um animal de estimação exige tempo e cuidados, especialmente para brincar e interagir com o pet – algo que ajuda a aumentar o vínculo afetivo entre o pet e o tutor. Mas não é sempre que se pode dar toda a atenção que o animal precisa e, por isso, é importante que se dê opções para que o pet se distraia, principalmente quando estiver sozinho em casa, e os brinquedos são grandes aliados.

Assim como cães e gatos, as aves também precisam de brinquedos e é preciso saber escolher quais são os melhores para cada espécie de ave.

“Falando de brinquedos, é mais comum usá-los para psitacídeos do que para passeriformes”, diz o especialista em criação de aves, Gabriel Doimo, ao Canal do Pet. “ Os passeriformes são aves de canto, não é muito comum ter um passeriforme como pet, e também não é comum oferecer brinquedos para elas, pois não são aves que sofrem de estresse”.

As aves psitacídeas, da família Psittaciformes (cacatuas, papagaios, calopsitas, periquitos, entre outras), são mais comuns como pet e, como salienta Gabriel, elas podem se estressar se passarem muito tempo presas em uma gaiola sem interação.

“Então o brinquedo é superimportante, pois atua como uma distração”, diz.

Os melhores brinquedos

As aves precisam ter opções para dias solitários em casa
Mark Williams/Unsplash
As aves precisam ter opções para dias solitários em casa

Gabriel explica que não existe uma regra quando se fala em brinquedos para aves, no geral os brinquedos servem para qualquer espécie, contanto, é claro, que se atente ao tamanho do brinquedo, que deve ser compatível com o tamanho da ave.

“Um balanço para papagaio deve ter uma abertura maior que um balanço para calopsitas, por exemplo”, explica.

Na maioria das vezes os brinquedos são feitos de madeira e tingidos com tinta especial – geralmente corantes alimentícios – para que não façam mal à ave, caso sejam ingeridos. Lembrando que devem ser materiais que possam ser descascados pela própria ave e atóxicos, brinquedos com peças pequenas que podem ser engolidas e causar acidentes devem ser evitados.

 “A diversidade de cores irá chamar mais a atenção do pássaro para aquele brinquedo. É muito comum utilizar cordas coloridas, cordas de sisal, plásticos, entre outros”, explica o especialista. “A regra é: quanto mais colorido e mais diversidade de materiais, melhor”, complementa.

Alguns brinquedos indicados:

Cordas de sisal que as aves possam se pendurar ajudam na distração
Reprodução Pixabay
Cordas de sisal que as aves possam se pendurar ajudam na distração

Balanços ou Poleiro: as aves adoram se balançar nesses brinquedos, que ainda podem acompanhar diversas distrações, como cordas coloridas e materiais que elas possam descascar. Independentemente de ser um brinquedo, o poleiro é um item indispensável para quem quer ter uma ave.

Playground: são maiores e mais completos (também mais caros), com uma estrutura que contém diversos brinquedos para as aves brincarem fora da gaiola.

Bolas: são bolas específicas para aves, servem para estimular o bico e as patas. Elas podem tanto empurrá-las, como se equilibrar como artistas de circo.

Escadas: presas em grades ou suspensas nos poleiros, as aves usam a escada principalmente dentro das gaiolas ou viveiros.

Para garantir que o seu pet terá toda a ajuda sempre que precisar, o iG Pet Saúde conta com planos que incluem visitas de rotina, internações, cirurgias, aplicações de vacinas e muito mais.  Conheça todas a vantagens de se ter um plano de saúde pensado especialmente para deixar o seu pet feliz!

Acompanhe o Canal do Pet  e os maiores destaques do  Portal iG no Telegram!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários