Calopsitas dóceis, fofas e bem espertas. Quem tem uma ave dessa sabe que  há alguns cuidados essenciais que elas exigem para manter seu bem estar e conforto , e um deles é em relação à limpeza.

De acordo com Erika Hayashi, médica veterinária especializada em animais silvestres e exóticos e dona dos sites Reino Silvestre e Paraíso Silvestre, as calopsitas usam aproximadamente 60% do seu tempo para se limpar utilizando o bico e limpando principalmente as penas das asas e a cauda. Mesmo assim, para mantê-las totalmente limpinhas, há alternativas que podem ser feitas pelo tutor.

Calopsita de corpo cinza e rosto amarelo
shutterstock
Especialista dá dicas de como manter a calopsita sempre limpinha

Primeiro, é importante perceber o momento certo para a limpeza da ave. Erika afirma que é ideal ela que seja feita em um dia de sol para que a calopsita fique aquecida, já que ela se seca naturalmente. Além disso, a gaiola ou banheira da ave deverá ser posicionada entre o sol e a sombra, para que a ave escolha a temperatura que desejar.

Partes íntimas do animal, como a cloaca (por onde as calopsitas realizam suas necessidades) exigem uma atenção maior. Quando a ave eliminar os resíduos pelo orifício, o ideal é que o tutor lave a região, pois vestígios restantes podem comprometer a saúde do pássaro.

O banho seguro para a ave é em uma banheira com altura aproximada de 2 dedos para que ela não se afogue e consiga sair quando quiser. A largura deve ser de tamanho suficiente para caber até sua cauda.

"Uma dica é usar uma bandeja plástica nessas medidas", afirma Erika."A altura da água nunca deve ultrapassar o corpo todo da ave para ela ter autonomia de entrar e sair com segurança".

A frequência do banho pode ser de 2 a 3 vezes na semana.

Calopsita em cima de galho
shutterstock
A calopsita passa aproximadamente 60% do seu tempo realizando sua limpeza através o bico

Outra maneira mais práticas para limpar a ave no dia a dia é comprar um borrifador pequeno de spray leve. Com ele, você irá borrifar água mineral ou filtrada pelo corpo da calopsita, simulando uma chuvinha.

A especialista ainda dá uma dica para você saber se o animal está curtindo o momento: "As aves, quando estão felizes tomando o seu banho, abrem as asas no momento em que a água cai. Até mesmo na banheira elas fazem isso. Também deitam na água mostrando que estão felizes".

O que não usar no banho da calopsita

Há alguns produtos que não podem ser utilizados na hora da higiene da ave. Elas possuem um sistema respiratório composto de pulmão e sacos aéreos, isso faz com que absorvam odores e substâncias muito mais do que os seres humanos. Por esse motivo, substâncias perfumadas, como perfumes ou desodorantes em spray que possuam uma fragrância, podem intoxicar a ave e não devem ser utilizados.

Uma última coisa ainda a se atentar, é que se a ave diminuir a frequência de limpeza natural utilizando o bico, é um forte indicativo de que ela não está com a saúde em dia. Nesse caso, um médico veterinário de animais silvestres e exóticos deve ser consultado.

    Veja Também

      Mostrar mais