Quando o gato faz o movimento de massagem nos tutores ele está dizendo que se sento confortável e seguro
freepic.diller
Quando o gato faz o movimento de massagem nos tutores ele está dizendo que se sento confortável e seguro

Os gatos possuem diversos hábitos únicos que divertem os tutores desses bichanos, como o gosto por brincadeiras e o de cochilar no colo dos pais humanos. E é nessa hora que um costume natural desses felinos aparece, o de “amassar o pãozinho”, como é popularmente chamado.

Quando os gatos são filhotes, eles usam esse movimento na barriga das gatas para estimular a produção de leite enquanto estão mamando. Existem muitas teorias do porquê os gatos fazem isso, já que alguns continuam mesmo na fase adulta – nem todos os gatos têm esse hábito quando já são maiores.

Quando um gato adulto faz esse movimento de afofar pode significar que ele está calmo e se sentindo relaxado, por isso está dando aquela amaciada no local para se deitar mais confortavelmente.

Os gatos são territorialistas

Os gatos liberam feromônios por glândulas que ficam entre os dedos
Reprodução/Pixabay
Os gatos liberam feromônios por glândulas que ficam entre os dedos

Os gatos também são animais bastante territorialistas e usam de várias formas para mostrar que o lugar é deles.  Quando esfregam o corpo nas canelas dos tutores,  ou mesmo na quina das paredes ou dos moveis da casa, eles estão soltando feromônios que deixam o odor deles no local, o mesmo acontece quando estão “amassando o pãozinho”.

Os bichanos possuem glândulas entre os dedos que são estimuladas com esse movimento e libera o cheiro deles e marcam o território. Ou seja, quando o gatinho está afofando o colo do tutor, ele pode estar dizendo que “você é meu”, um jeito de deixar claro ao dono que o ama e que quer o colinho só para ele.

Também baseado em instintos, os gatos nem sempre foram felinos domésticos e nem sempre tiveram um local quentinho e macio para se aconchegarem. Por isso, o fato de afofarem pode estar relacionado apenas a isso mesmo, deixar o local onde pretendem se deitar mais confortável.

gatos gostam de dormir em lugares confortáveis
Pixabay
gatos gostam de dormir em lugares confortáveis


Você viu?

Lembranças de quando eram filhotes

É um hábito natural que os felinos aprendem desde que nascem
Pixabay
É um hábito natural que os felinos aprendem desde que nascem

Este também é o movimento feito pelos gatos quando filhotes para estimular a produção de leite. Especialistas afirmam que quando o bichano está “amassando o pãozinho” é porque ele está em um momento relaxado e tranquilo, se sentindo seguro por estar com os tutores.

Alguns gatos chegam até a “mamar” em cobertores ou na roupa dos tutores, apesar de isso parecer algo fofo, não é bem assim. Isso acontece quando os gatos são retirados da mãe gata ainda muito novos, antes de “desmamarem”. Os veterinários recomendam que os filhotes sejam doados apenas depois de um período mínimo de 60 dias.

Afofar é bom

Afofar é um comportamento é positivo e não deve ser impedido pelos tutores
Pixabay
Afofar é um comportamento é positivo e não deve ser impedido pelos tutores

Independente de qual seja a razão, especialistas indicam que tutores de gato não tentem impedir que os pets façam isso, pois além de ser algo positivo para ele, já que estão mostrando que se sentem seguros na presença dos humanos e que gostam de estar ali, esse é um comportamento perfeitamente natural dos felinos.

Talvez o único problema desse hábito para alguns tutores seja o fato de as unhas dos gatos arranharem as pernas ao fazerem esse movimento. O mais indicado é que se invista em arranhadores, que ajudam na manutenção das unhas dos gatinhos. O ideal é ter mais que um pela casa.

Outra alternativa é também aparar as unhas dos felinos, mas isso deve ser feito por alguém com experiência e com equipamentos adequados, pois as unhas dos gatos possuem terminações nervosas e um corte mal feito pode causar um sangramento sério ao animal.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários