A cadela Manchinha foi brutalmente morta por um segurança do supermercado Carrefour, na cidade de Osasco (SP)
Aloisio Mauricio/Fotoarena/Agência O Globo
A cadela Manchinha foi brutalmente morta por um segurança do supermercado Carrefour, na cidade de Osasco (SP)

Dois anos após a morte de Manchinha, a cadela que foi espancada por um segurança do supermercado Carrefour, em Osasco (SP), uma estátua foi inaugurada em homenagem a ela no Pet Parque da cidade.

O monumento foi custeado pelo Instituto Manchinha e instalado no local com a autorização da prefeitura de Osasco. Inaugurado no dia 28 de novembro, durante o evento, a ONG que atua em defesa dos direitos dos animais, arrecadou rações para cães e gatos.

"O legado Manchinha continua abrindo portas para os direitos dos animais e para que os maus tratos sejam vistos cada vez mais como uma coisa abominável", escreveu a ONG em postagem de rede social.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários