A calopsita é um  animalzinho muito fofo e possui muitas qualidades que a torna perfeita para ser um bichinho de estimação. Porém, como todo pet, elas exigem cuidados especiais para estarem sempre saudáveis e confortáveis. Principalmente no que diz respeito à alimentação, já que algumas frutas e verduras podem ser tóxicas para a ave.

De acordo com a bióloga Rayane Henriques dos Santos, responsável pelo treinamento do setor de aves na Cobasi, a calopsita possui uma alimentação bem específica, composta por algumas sementes, muitas frutas, legumes e verduras, alguns insetos pequenos e ração específica.

Calopsita comendo
Reprodução/Unsplash
O que a calopsita não pode comer?

Embora elas possam consumir frutas, verduras e legumes, devemos ter atenção com algumas delas, pois podem fazer muito mal à ave sem sabermos. Verduras de folhagens claras, como o alface, não devem ser oferecidas para as calopsitas, por possuírem em sua composição 96% de água. Isso faz com que aumente a ação diurética, podendo ocasionar em diarreia no animal. 

Outros alimentos proibidos

Frutas:  o abacate pode ser prejudicial se consumido em grandes quantidades, podendo ocasionar problemas cardíacos e hepáticos. Sementes de frutas como maçã, pera e damasco possuem cianeto e são muito prejudiciais às aves. Os tomates são frutas ótimas, mas devem ser oferecidos sem as sementes pois essas são tóxicas.

Feijão cru: ele possui "fitohemaglutinina", substância extremamente tóxica e prejudicial às calopsitas. A especialista ainda faz um adendo: ao cozinhar qualquer alimento, você não deve adicionar sal ou temperos.

Cogumelos: podem causar problemas digestivos nas aves.

Pães, bolos e biscoitos: são extremamente proibidos às aves, por possuírem açúcares e fermento que podem causar problemas digestivos nas aves por meio de sua fermentação.

Doces no geral: são deliciosos para nós, humanos, mas não são apropriados para as aves devido a sua grande quantidade de açúcar.

Girassol: é uma semente que as calopsitas adoram, mas que o tutor deve ficar atento à quantidade que elas consomem. Sementes de girassol têm muita gordura em sua composição e se não consumidos de maneira controlada podem engordar a ave, além de causar lipidose hepática, doença grave que acomete o fígado do pet.

Outras negligências cometidas por tutores em relação a alimentação da ave

Calopsita comendo
shutterstock
Dietas de calopsitas devem ser compostas por rações, frutas, verduras e sementes

De acordo com a bióloga, o maior erro do tutor é oferecer produtos de consumo humano para a sua ave. Alguns podem ser ótimos e deliciosos para nós, mas não são saudáveis para elas, além de que não são metabolizados da mesma maneira que os humanos.

"Se repararmos, calopsitas se alimentam muitas vezes ao dia por terem o metabolismo muito acelerado. Por esse motivo seu alimento deve ser disponibilizado à vontade e de maneira diversificada", afirma.

Oferecer somente um tipo de alimentação à ave, por exemplo só o girassol, é um erro que também aparece com frequência. "Variedades de sementes e farinhadas são essenciais para o bom desenvolvimento da calopsita".

Como deve ser a dieta da calopsita para que seja totalmente saudável?

Frequência de alimentação: A alimentação base, como misturas de sementes, extrusadas e farinhada devem ser oferecidas constantemente, afinal as aves se alimentam várias vezes ao dia. Já as verduras, frutas e legumes podem ser oferecidas com menos frequência, apenas três vezes na semana.

Quantidade ideal: pode-se colocar o comedouro do tipo médio para a calopsita e ir completando a quantidade diariamente, de acordo com o consumido por ela. O excesso das cascas e sementes que ficarem de um dia para o outro podem ser descartadas para que não fiquem velhas.

Deve-se ficar atento à farinhada, que precisa ser colocada uma pequena quantidade diariamente para que não estrague. O que não for consumido também precisa ser descartado.

Alimentos essenciais:  variedades de sementes são importantes. Nos petshops já existem misturas prontas com diferentes grãos para você dar para sua calopsita. Rações extrusadas, que são alimentos balanceados com todos os nutrientes que o animal necessita, também são uma boa pedida.

Farinhadas de ovo, insetos possuem bastante proteína em sua composição, auxiliando no crescimento e no brilho das penas da ave, podendo estar em sua dieta. Frutas e Verduras são essenciais para a imunidade e crescimento saudável do animal.

Frutas e verduras saudáveis: maçã, banana, mamão, melão, milho, verduras de folhas verde escuras como couve, rúcula, almeirão, espinafre e brócolis.

    Veja Também

      Mostrar mais