Tamanho do texto

As malas haviam sido abandonadas na área de coleta de bagagens, mas foram encontradas a tempo de salvar a vida dos animais

Parecia mais um dia comum no aeroporto das Filipinas. Até que os guardas perceberam quatro malas abandonadas na área de coleta, aquela parte onde as bagagens que chegam ficam até seus donos as retirarem. Foi aí que os funcionários do aeroporto perceberam algo estranho. Por que alguém abandonaria quatro malas? Provavelmente porque não teve tanta sorte com o tráfico de animais.

Leia também: As comidas para calopsita mais indicadas e seguras

Malas com tartarugas
Facebook/Bureau Of Customs NAIA
Malas com tartarugas

Dentro das bagagens haviam 1.529 tartarugas, todas com suas patas presas com fita adesiva dentro do casco para que elas não se mexessem. As autoridades acreditam que a origem das malas é Hong Kong. As fotos do resgate mostram a realidade do  tráfico de animais , o quarto maior mercado negro no mundo. 

O criminoso teve muita criatividade: colocou os filhotes de tartaruga dentro de sapatos, caixas e meias. Graças a rapidez dos funcionários, todos os espécimes estão vivos e a salvo. Acredita-se que elas seriam vendidas como animais de estimação exóticos nas Filipinas. 

Algumas das tartarugas encontradas que estavam em malas para serem encaminhadas para o mercado do tráfico de animais
Facebook/Bureau Of Customs NAIA
Algumas das tartarugas encontradas que estavam em malas para serem encaminhadas para o mercado do tráfico de animais

Leia também: Homem encontra colmeia embaixo de cama

Foram encontrados exemplares de Tartaruga-Estrelada-Indiana, Jabuti-Piranga, Tartaruga-de-Esporas-Africana e Tartaruga-de-Orelha-Vermelha. A alfândega do país está trabalhando duro para barrar o transporte clandestino de animais, e se tivesse sido pego, o criminoso responsável poderia ficar preso por até 2 anos e pagar multa de alguns milhares de dólares.

Alguns cidadãos se ofereceram para ajudar na hora de desenrolar as pequenas tartarugas da fita adesiva. Agora elas estão se recuperando e sendo cuidadas no Wildlife and Protection Bureau of the Department of Environment and Natural Resources, um tipo de departamento que garante o bem-estar de animais resgatados. 

Tartarugas encontradas em malas
Facebook/Bureau Of Customs NAIA
Tartarugas encontradas em malas

Leia também: Australiana fica surpresa ao encontrar peixe estranho durante pescaria

Como elas foram retiradas de seu habitat natural e estão muito longe de casa, ainda é incerto o destino destes pequenos animais. O departamento do meio-ambiente das Filipinas está tentando encontrar uma solução que faça com que as tartarugas vivam bem, longe do tráfico de animais as quais haviam sido destinadas.



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.