Tamanho do texto

Nala ficou parada na frente de San Matin de Progreso, clube no qual o jogador começou sua carreira e onde o corpo dele estava sendo velado

O luto não é algo que afeta apenas os humanos. Os animais também sofrem com a perda de seus parceiros e donos. Foi isso que aconteceu com Nala, a cadela do falecido jogador de futebol Emiliano Sala, morto em um acidente de avião em janeiro. Quando Sala desapareceu, Nala ficou na porta da casa do atleta, esperando que ele voltasse. 

Leia também: No Dia Mundial do Gato, veja porque cada vez mais os bichanos nos conquistam

Emiliano Sala e a cadela Nala
Reprodução
Emiliano Sala e a cadela Nala


Agora, a cadela emocionou as redes sociais novamente. No último sábado (16) o corpo de  Emiliano Sala foi velado no Clube San Martin de Progreso, na Argentina. Na porta do estabelecimento estava Nala, que surpreendeu muitos dos fãs, familiares e amigos do falecido jogador que passaram em frente ao clube.

Leia também: Animais silvestres: saiba como adquiri-los de forma legal

Veja a foto:



A primeira vez que Nala emocionou as redes sociais foi quando no dia 2, a irmã de Emiliano, Romina Sala, postou uma foto da cadela esperando o dono, dois dias antes da notícia de que o avião  desaparecido do jogador foi encontrado no fundo do Canal da Mancha. Quando a família ficou ciente do acidente, Romina anunciou que ficaria responsável por Nala. 

Sala havia sido vendido para o time Cardiff por 15 milhões de libras, a compra mais cara do clube. Quando estava voltando da cidade francesa, em meio a uma tempestade, o avião onde ele e o piloto David Ibbotson estavam, caiu no Canal da Mancha. Apenas o corpo do jogador foi encontrado.

Leia também: Assaltante enfia faca na cabeça de cão que tentou proteger o dono

A cadela foi adotada por  Emiliano Sala em 2015, logo depois de chegar em Nantes, na França. Nala ficou na porta do clube até o final do velório, quando acompanhou o caixão do dono até o local onde ele seria cremado.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.