O cantor Chris Brown é bem conhecido na mídia por diversas polêmicas envolvendo sua vida. Dessa vez, está sendo acusado de crime ambiental por manter um macaco filhote, da raça capuchinho, em sua casa nos Estados Unidos. O animal foi adquirido em dezembro do ano passado e foi dado de presente para sua filha, Royalty, no Natal.

Leia também: Bombeiros fazem resgate de cães em córrego da Zona Sul de São Paulo

Na época, Chris Brown ficou feliz pelo novo animal e brincou que, um dia, ele ficaria bem maior do que sua filha. Vários vídeos interagindo com o macaco foram publicados no Instagram do rapper, mas a maioria dos fãs não apoiou a compra de um bicho selvagem.

Leia também: Cachorro tenta desesperadamente voltar para carro do dono após ser abandonado

Segundo comentários nas postagens, alguns seguidores acusaram o cantor de colocar Royalty em perigo ao adquirir um macaco , enquanto outros alegaram que o animal estaria mais feliz livre do que preso em uma casa. 

undefined
Reprodução Instagram
Chris Brown está sendo acusado de crime ambiental por manter macaco raro em sua casa

Os documentos da polícia de Los Angeles afirmaram que o cantor mantinha uma espécie rara e sem permissão, por isso está sendo acusado de crime ambiental. Infrações como essa podem dar até seis meses de prisão, de acordo com informações do site TMZ. O Departamento de Peixes e Vida Selvagem da Califórnia ficou responsável por investigar as condições da compra. 

Leia também: Luisa Mell e policiais resgatam 143 cães em canil clandestino no litoral de SP

Chris Brown será notificado, multado e responderá pelo crime em um julgamento marcado para início de fevereiro. Para evitar uma busca das autoridades e maiores problemas, ele decidiu entregar o animal voluntariamente. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários