Tamanho do texto

"A gente criou uma amizade muito rápida e intensa! Para mim foi uma grande troca de energia na hora que nos conhecemos", conta Marc Khalil, que conheceu Zezinho no Economíadas

Uma linda história de amor entre homem e cachorro emocionou muita gente nas últimas semanas. Tudo começou quando Marc Khalil, ex- estudante da ESPM, Escola Superior de Propaganda e Marketing, localizada em São Paulo, conheceu um pequeno cão de rua nos jogos universitários Economíadas, realizado na cidade de Bauru durante o feriado da Proclamação da República. 

Leia também: Loja de móveis abriga cães de rua para protegê-los do frio na Itália

O jovem conta que o canino se aproximou do seu grupo de amigos na manhã de domingo (18), recebeu bastante carinho e foi apelidado carinhosamente de Zezinho. Após esse primeiro contato, o cão de rua o seguiu durante o dia todo. Marc não imaginou que o bichinho iria se apegar tanto a ele, mas um forte amor já havia nascido. 

Marc e o cão de rua Zezinho se conheceram durante o Economíadas, que aconteceu em Bauru no último feriado
Reprodução Facebook
Marc e o cão de rua Zezinho se conheceram durante o Economíadas, que aconteceu em Bauru no último feriado

"A gente criou uma amizade muito rápida e intensa! Para mim foi uma grande troca de energia na hora que nos conhecemos. Todos os sentimentos bons que eu estava sentindo ficaram ainda melhores com o Zezinho lá. Foi isso que desenvolveu o meu amor por ele", compartilhou Marc em entrevista ao Canal do Pet. 

Contudo, temendo que o canino tivesse dono e sem condições de trazê-lo para São Paulo, o jovem precisou deixá-lo para trás. "Eu fiquei muito mal por ter vindo sem ele. Assim que cheguei em casa só pensava em voltar para Bauru e buscar o Zezinho".

Leia também: Gato com olhos esbugalhados é a nova sensação das redes sociais

Foi então que o processo de procura começou. A princípio, Marc acreditou que seria fácil, por isso contatou apenas os estudantes da FIB (Faculdades Integradas de Bauru). Porém, essa estratégia não estava dando resultados. A solução foi recorrer às redes sociais e compartilhar sua história e de Zezinho no Facebook. 

No post, pediu para todos que morassem em Bauru ou conhecesse alguém de lá ajudasse a encontrar o pequeno cão. A busca só deslanchou quando um jornal local tomou conhecimento do caso e produziu uma reportagem sobre. Depois disso Marc começou a receber várias mensagens com fotos de cachorro.

Após dias intensos de muita procurar, um mecânico local finalmente encontrou o pet. "Na hora que ele me mandou a foto soube que era o Zezinho. Não tinha como ser outro cachorro", comentou. O ex-universitário não perdeu tempo e partiu para o interior para buscar seu amigo de quatro patas.

"Estou extremamente feliz com o Zezinho em casa. É um sensação ótima chegar, depois de um dia difícil, e encontrar o 'neguinho' correndo em minha direção", compartilhou emocionado. "Acredito que ele também esteja muito feliz com sua nova família. Ele é um cachorro muito meigo, inteligente, carinhoso, educado e não dá trabalho nenhum."

Após dias de procura, o jovem encontrou o canino e o trouxe para São Paulo
Arquivo pessoal/ Marc Khalil
Após dias de procura, o jovem encontrou o canino e o trouxe para São Paulo

Aproveitando a repercussão da história, Marc fez um importante alerta sobre a compra de cães. "É muito legal ter um cachorrinho de raça, mas é muito difícil encontrar um lugar que tenha um controle legal da procriação desses animais, sobretudo com a fêmea reprodutora", explicou o jovem.

Leia também: Cão oferece apoio moral a seu urso de pelúcia durante a lavagem

"Então, se você quer um pet, adote! Existe muito cão de rua como o Zezinho que irá transmitir amor, carinho e só energias boas. Não fortaleça esse comércio que por muitas vezes é exploratório para os animais. Espero que minha história incentive outras pessoas a adotar."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.