Tamanho do texto

Os funcionários do abrigo acreditam que um carro atingiu Cora Rose, quebrando as duas patas dianteiras e a pélvis

Poucos animais tem uma vida tão difícil quanto Cora Rose, uma pequena cadela moradora da Califórnia, Estados Unidos. Há um ano, ela foi levada para um abrigo na região de Madera após sofrer um terrível acidente. Os funcionários acreditam que um carro a atingiu, quebrando as duas patas dianteiras e sua pélvis. Ela mal conseguia se mover e sentia muita dor. 

Leia também: Filhotes presos em gaiola são abandonados na beira de uma estrada em Londres

A situação da cadela era tão difícil que consideram sacrificá-la. Contudo, optaram por cuidar de Cora e ver se sobreviveria. Foi necessário amputar uma das pernas, devido a uma infecção, e a outra estava por um fio também. Depois de receber o atendimento médico, a transferiram para uma organização de resgate de animais, a  Marley's Mutts .

Os donos do estabelecimento, Zach e Heather Skow, ficaram encantados pela força e garra da pequena Cora. Eles estavam determinados em oferecer a melhor vida possível. "Nós fizemos de tudo para descobrir se conseguiríamos salvá-la", disse Heather ao site The Dodo. Eles consultaram especialistas e deram apoio à cadela durante a recuperação. 

Leia também: Buldogue ajuda menina a superar a morte de seu pai

Confirme a cachorrinha ia melhorando, aprendia aos poucos a andar usando as patas traseiras . Em pouco tempo já conseguia sustentar seu peso e andar sozinha. "Ela realmente prosperou", comentou. Quando sai para passear utiliza uma cadeira de rodas personalizada. 

Hoje, Cora vive com Henry, um gato que é seu melhor amigo, e outros três cães. No Instagram, ela é um verdadeiro sucesso. Os irmãos publicam fotos frequentemente dela na conta da Marley's Mutts, atraindo diversos internautas curiosos. 

Leia também: Dona fica surpresa com semelhança entre seu cão e cachorro para adoção

Foi através das redes sociais que os Skows perceberam o impacto positivo que a cadela tem nas pessoas. Apesar do passado doloroso e limitações físicas, o comportamento otimista de Cora ajudou os outros a perceberem que podem superar as dificuldades também.

    Leia tudo sobre: Instagram
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.