Tamanho do texto

Além de oferecer suporte emocional a dona, Donny faz o mesmo por outros pacientes idosos do hospital

O câncer é uma doença que não se importa com gênero, raça, idade ou cor da pele, ele atinge qualquer pessoa e Susan Smith, de 88 anos, é uma delas. Ela tem câncer de pulmão e, recentemente, passou por 17 procedimentos de radiação. A rotina desgastante de quimioterapia só foi possível suportar graças ao seu gato cego. 

Leia também: Cão salva seu irmão canino de um afogamento e evita uma tragédia

O bichano Donny tem sido a principal companhia da idosa durante essa fase difícil. Sempre que possível ele está ao lado da dona, já sendo considerado um " animal de terapia ", ou seja, dá suporte emocional à pacientes em hospital. Susan conheceu esse gato cego por acaso e resolveu adotá-lo após conhecer sua história.

Gato cego ajuda sua dona a suportar tratamento contra o câncer
Reprodução Instagram
Gato cego ajuda sua dona a suportar tratamento contra o câncer

Donny foi encontrado vagando ainda filhote por um estacionamento em Nova York, nos Estados Unidos. Por causa de uma má formação nos olhos, o veterinário precisou removê-los cirurgicamente após o resgate. Contudo, descobriu-se também que o bichano estava com hipoplasia cerebelar, uma condição neurológica que causa graves problemas de equilíbrio.  

Apesar de todos os problemas de saúde, Donny é extremamente dócil e amoroso. Em um vídeo publicado no Instagram, vemos Susan acariciando o pelo do gatinho e dizendo em voz melosa, "esse é o meu Donny". O sorriso no rosto da idosa demonstra o quanto a presença o pet faz diferença em seu tratamento. 

Leia também: Voluntário visita abrigo todos os dias e cochila entre os gatos

Mas o felino não ajuda somente a dona em momentos difíceis. Geralmente visita outros pacientes idosos que têm doença de Alzheimer e demência. Ele faz terapia assistida para todos que necessitam de ajuda na recuperação.

É impressionante o efeito que esse gato cego provoca nas pessoas. Em vídeos, publicado também no Instagam, observa-se a melhora emocional dos doentes, que sempre ficam felizes com a companhia do peludo.

Leia também: Golden Retriever resgata filhote de coala abandonado e leva para casa


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.