Tamanho do texto

Bert é considerado o mascote do lugar e leva sua função muito a sério

Quando tinha apenas cinco meses de idade, o Spitz Alemão Bert foi abandonado pelo seu criador num abrigo, pois o considerava grande demais para vender. Apesar do começo triste, não demorou muito para alguém demonstrar interesse pelo pequeno cão. 

Leia também: Fotógrafo recria fotos icônicas de Madonna usando seu cachorro como modelo

Kathy Grayson, dona de uma galeria de arte em Nova York chamada The Hole, encontrou Bert quando navegava pelo PetFinder, um site de adoção. De cara ela sabia que o pet era perfeito. Então, a jovem pegou um voo até a cidade de Tulsa, em Oklahoma, para adotar esse cão recentemente abandonado. 

Cão chama atenção por trabalhar numa galeria de arte em Nova York
reprodução shutterstock
Cão chama atenção por trabalhar numa galeria de arte em Nova York

"Havia algo em seu olhar que me chamou atenção", disse Kathy ao site americano The Dodo. Como ela é dona de uma galeria de arte , Bert não ficou muito tempo longe do mundo artístico. "Um dia depois da adoção tivemos uma abertura na minha galeria com centenas de pessoas, um jantar e depois uma festa. Desde o primeiro dia, ele estava pronto para se juntar ao mundo das artes!"

Leia também: Buldogues ingleses ficam famosos com reações ao assistir TV

Atualmente, com cinco anos de idade, o pet vai trabalhar todos os dias na galeria ao lado da dona. Graças ao seu temperamento calmo, é perfeito para essa vida. "Ele já esteve em dezenas de inaugurações, muitas feiras de arte em NYC, Miami, LA e nos Hamptons. Também esteve no Canadá, Seattle e DC, em discotecas, restaurantes, bares e até na ópera uma vez!", comentou Kathy.

Bert fez tanto sucesso entre os visitantes que se tornou o mascote do lugar. Ele já é considerado um profissional conhecedor de arte por causa de seu cargo. Inclusive, muitas pessoas vão até a galeria só para vê-lo, enquanto outros trazem seus cães para brincar.

Leia também: Dono não poupa dinheiro com sua cadela e investe em mimos caros

A fama do cão se estendeu para o Instagram também. Com quase 100 mil seguidores, o perfil compartilha fotos do dia a dia de Bert, principalmente seus momentos dentro da galeria. Apesar do começo difícil, hoje o pequeno animal está muito feliz ao lado de sua dona e leva muito a sério seu papel de mascote.