Tamanho do texto

A suspeita veio à tona após um visitante publicar uma foto no Facebook e denunciar a situação

Na última semana, um caso de falsificação animal veio à tona nas redes sociais. O Zoológico Internacional do Cairo , no Egito, está sendo acusado de pintar burros para se passarem por zebras. A situação chamou atenção após a publicação de uma foto no Facebook por Mahmoud Sarhan.

Leia também: Homem engana turistas com filhote de Chow Chow pintado de panda

O Zoológico Internacional do Cairo está sendo acusado de pintas burros para se passarem por zebras. O caso veio à tona após um publicação no Facebook
Reprodução
O Zoológico Internacional do Cairo está sendo acusado de pintas burros para se passarem por zebras. O caso veio à tona após um publicação no Facebook

Na imagem, o visitante posa ao lado da suposta zebra , que chama atenção pelas listras pretas manchadas. As do rosto são mais evidentes, mas, se observar o restante do corpo, dá para ver que também estão borradas. Quando notou o estranho visual do bicho, Mahmoud pediu a sua tia para fazer algumas fotos e compartilhou mais tarde em sua rede social.

Leia também: Crianças deixam cavalo rabiscado em hípica e foto do animal causa revolta

Na legenda, Mahmoud denuncia o acontecido e chama os funcionários de "estúpidos". A publicação ganhou bastante repercussão, chegando a ser compartilhada quase oito mil vezes. Alguns veterinários analisaram a foto, a pedido do canal egípcio Extra, e confirmaram as suspeitas de que são  burros pintados. 

A Fox News também apontou as principais diferenças entre o bicho da foto e as zebras verdadeiras. De acordo com eles, o animal possui orelhas bem mais pontudas do que as zebras e apresenta manchas na face e listras borradas. Em entrevista a uma rádio local, Mohamed Sultan, diretor do zoológico, negou todas as alegações e garantiu que os animais são verdadeiros.

Leia também: Cachorra quase morre após ser pintada com tinta para cabelos

Um caso bem parecido aconteceu em 2013, no Zoológico Parque do Povo da China. Visitantes com olhos bem aguçados perceberam que o leão em exposição na verdade era um cachorro. O local tentou usar um cão da raça Mastiff Tibetano como substituto de um leão africano. A fraude só foi descoberta porque ele latiu. Diferente dessa situação, ainda não foi decretado que as zebras do Zoológico egípcio são mesmo burros pintados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.