Tamanho do texto

A cadelinha Layla ficou tão feliz com o reencontro que foi difícil para a dona não se emocionar

Oriany de Oliveira nasceu na Venezuela, mas já faz nove meses que está morando na Argentina a trabalho. Apesar de ter ficado feliz com a oportunidade, a mudança de país também foi muito triste, já que precisou se distanciar de sua cadela Layla. Como são melhores amigas, a despedida foi muito difícil para ambas. 

Gata com problemas de visão usa óculos de sol e faz sucesso na web

Após a partida de Oriany, a Border Collie ficou sob os cuidados dos pais da jovem. "Tem sido bem complicado ficar sem ela, minha companheira e melhor amiga. Sinto muito a falta dela", disse a garota ao site americano The Dodo. Na Venezuela, o sentimento de saudade era mútuo, pois a cadela nitidamente sentia falta da dona.

Cadela revê através de uma vídeo chamada sua amada dona
Reprodução Twitter
Cadela revê através de uma vídeo chamada sua amada dona

Para não deixar seus pais preocupados, Oriany manteve contato regularmente durante os meses. No entanto, se comunicar com Layla era mais difícil. Ela não podia simplesmente ligar ou enviar uma mensagem como fazia com seus familiares. 

A mãe, vendo a dificuldade da filha em contatar sua melhor amiga, decidiu tentar algo diferente. Ela descobriu que dava para conectar uma chamada de vídeo na televisão. Então, quando Oriany ligou novamente, ela projetou sua imagem na tela para Layla assistir também. 

Cão utiliza folhas como dinheiro para comprar seus petiscos

O momento do reencontro foi emocionante. A Border Collie estava claramente feliz e não conseguia parar de latir. "Foi incrível", disse Oriany. "Foi bom saber que ela me reconheceu, mas também fiquei um pouco triste porque pude ver o quanto ela estava sentindo a minha falta”.

A dona publicou o vídeo do encontro em seu perfil do Twitter com a legenda: "Eu não via minha cachorra há nove meses. Hoje eu resolvi tentar dessa maneira para ver se ele me reconhece... Eu ainda estou chorando". 

Em apenas 6 meses, Akita tem surto de crescimento e surpreende

Com sorte, em breve Oriany terá dinheiro para viajar até a Venezuela e reencontrar pessoalmente sua cadela . Enquanto isso, fica feliz de saber que Layla está sendo bem cuidada pela mãe e que não a esqueceu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.