Tamanho do texto

Os animais também têm formação genética em cromossomos, mas o processo é diferente dos humanos

Poucas doenças afetam o ser humano exclusivamente. Existem diversas patologias que atingem os bichos da mesma forma que nós e, apesar de surpreender muita gente ainda, é um fato normal e habitual. Em relação a isso, um tema que gera muitas dúvidas é se existe Síndrome de Down em animais.

Leia também: Melanismo em animais é uma condição mais comum do que parece; saiba mais

Para entender melhor essa questão, é importante conhecer o funcionamento da genética humana e como a patologia atinge milhares de pessoas todos os anos. Só depois é possível descobrir se tem como existir Síndrome de Down em animais

A informação genética do ser humano está contida nos cromossomos, que são estruturas formadas por ADN e proteínas com alto nível de organização. Eles contêm nossa sequência genética e, por isso, são responsáveis pela formação de todo o corpo. Os humanos dispõem de 23 pares ao todo. 

A Síndrome de Down é uma patologia com causas genéticas, pois as pessoas afetadas tem uma cópia extra do cromossomo 21. Em vez de ser um par, um terceiro se desenvolve. Pessoas com esta condição são reconhecidas medicamente contendo a trissomia do cromossomo 21. 

Essa alteração genética irá afetar o organismo. Quem tem Síndrome de Down nasce com traços físicos característicos, assim como capacidade cognitiva difrente e alterações no crescimento e tecido muscular. Além disso, tem maior risco de sofrer com outras doenças. 

Mas afinal, os animais podem ter Síndrome de Down?

A maioria dos bichos é incapaz de desenvolver tal patologia porque suas construções genéticas são bem diferentes da do ser humano. Ou seja, a Síndrome de Down é uma doença exclusivamente nossa
shutterstock
A maioria dos bichos é incapaz de desenvolver tal patologia porque suas construções genéticas são bem diferentes da do ser humano. Ou seja, a Síndrome de Down é uma doença exclusivamente nossa

A resposta é não. Os animais não desenvolvem a patologia porque suas construções genéticas são bem diferentes da do ser humano. Ou seja, a Síndrome de Down é uma condição exclusivamente humana. 

Apesar disso, não significa que os bichos não tenham uma formação genética específica. A sequência dos cromossomos é única para cada espécie. No caso dos gorilas, são muito semelhante a dos humanos, apresentando um ADN com 97-98% de semelhança com o nosso ADN. 

Leia também: Patas de cachorro: é normal o pé traseiro nascer com 5 dedos?

Sabendo que os animais dispõem de sequências genéticas ordenadas também em cromossomos, era de se esperar que sofram de trissomias assim como nós. E isso realmente acontece, mas é diferente da Síndrome de Down. Ratos de laboratório, por exemplo, apresentam trissomia no cromossomo 16.

Animais com má formação genética sofrem dificuldades cognitivas e fisiológicas e alterações anatômicas que lhe conferem um estado característico. Portanto, os bichos também sofrem alterações nos genes e trissomias, só que não como nós. A Síndrome de Down é uma doença exclusiva do humano causada por uma trissomia no cromossomo 21.

Síndrome de Down no reino animal

Kenny, um tigre-de-bengala-branco, apresentava uma aparência distinta que lembrava vagamente pessoas portadoras da patologia, por isso foi dito que possui Síndrome de Down em animais
Reprodução
Kenny, um tigre-de-bengala-branco, apresentava uma aparência distinta que lembrava vagamente pessoas portadoras da patologia, por isso foi dito que possui Síndrome de Down em animais

Há alguns anos, começou a circular na internet a foto de um tigre supostamente com Síndrome de Down. Kenny, um tigre-de-bengala-branco, apresentava uma aparência distinta que lembrava vagamente pessoas portadoras da síndrome. Contudo, o animal nunca teve tal condição. 

A aparência incomum foi causada pelo endocruzamento, ou seja, a cruza de animais geneticamente próximos, como pais e filhos, irmãos, etc. Por mais que seja uma prática proibida, ainda é bem comum ao redor do mundo. Kenny faleceu em 2008. 

O caso do tigre deu muito o que falar, mas a verdade é que nunca teve a ver com Síndrome de Down. Os únicos bichos que podem apresentar uma doença similar a nossa são os símios. Essa espécie de macaco tem uma genética parecida com a dos humanos, possuindo 24 pares de cromossomos. 

Leia também: Espinha bífida em gatos é uma anomalia que atinge a coluna dos pets

Inclusive, alguns exemplares já foram diagnosticados com uma cópia extra do cromossomo 22, que seria equivalente ao nosso cromossomo 21. Eles também apresentam deformidades faciais, problemas cardíacos e de crescimento. Contudo, é cientificamente incorreto dizer que existe  Síndrome de Down em animais . Muitos estudos ainda estão sendo feitos sobre o tema, mas nada é conclusivo.