Tamanho do texto

Assim como são capazes de sentir outras emoções, os bichanos também detectam quando estamos ansiosos - e não gostam nada disso

Seu gato às vezes fica estranho do nada? Parece agressivo, mau-humorado? Ele pode apenas estar replicando as emoções do seu dono. Um estudo recente da Universidade de Nottingham, na Inglaterra, concluiu que os felinos sentem a ansiedade de seus donos, e as replicam. Ou seja: dono ansioso, pet ansioso. 

Leia também: Quer viajar com seu gato? Saiba como deixá-lo numa boa na caixa de transporte

Dono com ansiedade é sinônimo de gato estressado
Shuttersock
Dono com ansiedade é sinônimo de gato estressado

Os pesquisadores avaliaram mais de 3 mil gatos no Reino Unido e o bem-estar de seus donos. A conclusão foi que grande parte dos tutores diagnosticados com  ansiedade , têm gatos com mais propensão a desenvolver doenças relacionadas ao estresse e podem apresentar problemas de comportamento, como agressividade.

Além disso, esses felinos também têm grandes probabilidades de ficarem acima do peso . Basicamente, o estudo mostrou que os gatos refletem a personalidade de seus donos: pessoas extrovertidas, saudáveis e calmas tendem a ter pets com essas qualidades. Já os estressados e agressivos, em sua maioria, têm gatos com essas mesmas características.

A autora do trabalho, Lauren Finka, disse em entrevista ao PsyPost que muitas vezes não é fácil para os bichanos serem nossos animais de estimação. "É sempre importante perceber o quanto nossos comportamentos refletem na vida dos gatos. A nossa personalidade é um fator de extrema relevância quando nos relacionamos com nossos animais, e tem grandes consequências para o bem-estar deles."

Claro que existem gatos que já têm uma personalidade forte e são agressivos e estressados por natureza. Mas se seu bichano está apresentando um comportamento muito diferente do qual ele costumava, vale a pena olhar para si mesmo. Será que estou sendo agressivo? Será que estou ansioso, com raiva? E se a resposta for sim, isso pode estar afetando o animal. 

Leia também: Confira dicas e aprenda a fazer um arranhador para gatos em casa

Se o felino realmente estiver com problemas de  ansiedade , vale a pena consultar um especialista que possa ajudar na situação. Além disso, é sempre bom manter nossa saúde em ordem. Se você também estiver passando por dificuldades psicológicas, procure ajuda médica, e a sua vida e de seu pet serão muito melhores.