Tamanho do texto

Estresse, doenças e alergias são alguns dos motivos que levam o bichano a arrancar o próprio pelo

Ao adquirirmos um bichinho de estimação, devemos sempre prestar atenção nos seus hábitos. Mudanças repentinas de comportamento é um mau sinal, pois muitas vezes vêm acompanhadas de problemas de saúde. Como é o caso de quando o gatinho começa a arrancar o próprio pelo sem motivo aparente. 

Leia mais:  Gato espirrando em excesso? Saiba o que pode estar causando esse sintoma

Se o seu felino tem essa atitude, fique alerta! Não costuma ser normal um bichano arrancar o  pelo , por isso, na maioria das vezes, existe um motivo por trás para explicar tal comportamento. Confira alguns deles. 

Estresse

Sim, os gatos também podem sofrer com o estresse. O que geralmente causa isso são mudanças repentinas no ambiente. Por exemplo, a chegada de um bebê, troca de casa, tédio, adoção de um novo animal, quando os donos saem de férias e às vezes até a mudança da disposição de certos objetos na residência. Os felinos são pets rotineiros, não gostam de transformações, e quando isso acontece provoca um estresse muito grande.

Para aliviar o estresse sentido, o gato começa se lamber sem parar, o que consequentemente leva ao arrancar de pelos
reprodução shutterstock
Para aliviar o estresse sentido, o gato começa se lamber sem parar, o que consequentemente leva ao arrancar de pelos

Para demonstrar tal insatisfação, o bichano começa a se lamber compulsivamente - esse ato libera endorfina, um hormônio que o faz se sentir bem -, e as áreas do corpo que são mais lambidas começam a ficar sem pelos e por vezes machucadas. 

Um bom jeito de resolver essa situação é sempre dar muito amor, fazer com que ele se sinta especial e entender que não foi substituído, principalmente se a causa do estresse for viagens dos donos e a chegada de um bebê e/ou pet. No caso de tédio, deixe brinquedos e arranhadores pela casa para o bichano ficar entretido. 

Problemas alimentares

Você pode não saber, mas existe a chance do arrancar de pelos ser causado por alergia a algum alimento. Ela provoca irritações na pele e, para aliviar o incômodo, o bichano lambe sem parar a região e acaba arrancando vários pelos. 

É difícil saber qual comida esta causando a alergia, pode ser um alimento específico ou pode ser que ele tenha desenvolvido uma rejeição a dieta. O veterinário irá recomendar um regime alimentar para achar o causador do problema, pois não existe um exame específico. A descoberta será por tentativa e erro. 

Veja tambem:  Aprenda a limpar a orelha do gato e entenda porque a prática é tão importante

Depois que for identificado o alimento, ele deve ser cortado da dieta e o médico provavelmente indicará uma nova ração. Saiba que a substância causadora da alergia pode demorar até oito semanas para ser expulsa completamente, então levará um tempo até ele se curar. 

Alergia a elementos do ambiente

Os gatos também podem ser alérgicos a elementos do ambiente, assim como os humanos. É o caso de ácaros do pó, pólen de árvores e flores e até mesmo produtos usados por seus donos, como perfumes, essências, sprays, entre outros. 

Existem diversos fatores que levam o gato a arrancar o pelo e nunca pode ser considerado um mero capricho
reprodução shutterstock
Existem diversos fatores que levam o gato a arrancar o pelo e nunca pode ser considerado um mero capricho

Estar em contato com a substância alérgica causa coceiras, então para aliviar o felino começa a se lamber e arrancar o pelo constantemente em uma zona específica. Quando perceber que ele está agindo assim, leve-o a um veterinário para saber como proceder. 

Exames laboratóriais não conseguem diagnosticar alergias ambientais, mas atitudes podem ser tomadas para melhorar o incômodo do gato. Evite usar produtos como perfume e spray perto do animal e procure sempre aspirar a casa para se livrar de pó e ácaros. É bem provável que o médico receite remédios para aliviar a coceira do gato e diminuir o arrancar de pelos.

Doenças

Arrancar os pelos é um dos indicativos de que o felino pode estar com alguma doença. Enfermidades que causem ardencia e coceira levam o animal a tal comportamento, como é o caso da micose e infecção micótica. Pedras nos rins e infecções urinárias o fazem puxar os pelos para aliviar a dor, assim como acontece perante problemas hormonais ou do sistema imunológico. O tratamento irá depender da doença e o indicado é levar o pet ao veterinário para o diagnóstico correto. 

Saiba mais:  Dar banho em gatos: Afinal, isso é necessário ou não?

Parasitas

Os parasitas são um sério problema que atinge muitos animais domésticos. Quando eles se instalam no corpo, começam a chupar o sangue do gato e sua saliva age no organismo como um alérgeno, causando fortes coceiras. Então, para aliviar o incômodo, o bichano começa a se lamber sem parar e arrancar os pelos. 

Parasitas é um problema que atinge a vida de muitos animais domésticos, causando forte coceiras e outros incômodos
reprodução shutterstock
Parasitas é um problema que atinge a vida de muitos animais domésticos, causando forte coceiras e outros incômodos

Diferente dos outros fatores, é mais fácil identificar quando o causador do problema com pelos é um parasita. No caso da pulga, por exemplo, é uma praga vista a olho nu por causa do seu tamanho, ela deixa resíduos pretos no pelo e o pet se coça com maior frequência. 

Para tratar esse problema, leve-o ao veterinário para que seja receitado o medicamento correto. Se tiver mais animais na casa, aplique o remédio em todos por precaução. Por último, compre um aerossol ambiental para matar as pulgas e seus ovos que possam estar espalhados pela casa. 

Identificando corretamente o problema 

É importante que você saiba distinguir quando o gato está só se limpando de quando há um problema. Como esse animal é muito higiênico, é normal se lamber várias vezes ao dia para se sentir limpo. No entanto, é para ficar alerta se notar fortes puxões no momento da limpeza, provocando manchas sem pelo, irritações na zona e até feridas e vermelhidão na pele.

Leia também:  Quando meu filhote de gato pode largar o leite e comer ração?

Lembre-se também de nunca achar que o bichano esta arrancando o pelo por mero capricho, pois sempre existe um motivo por trás. Leve-o ao veterinário para identificar qual o motivo desse comportamento anormal e jamais medique o gatinho em casa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.