Tamanho do texto

Caso este tempo não for respeitado o animal pode ter problemas com variação de temperatura e proteção da pele

Os pelos servem para controlar a temperatura de nossos animais de estimação. Existem raças de cães que precisam de tosas , já que seu pelo é grande e pode ficar com nós, já outros tipos de cachorros não necessitam deste cuidado, que pode até ser prejudicial para a saúde deles.

Leia também: O cão pode ter alergia à tosa? Veterinário explica irritação após o procedimento

cachorro sendo tosado
shutterstock
A tosa em cães deve ser feita com a frequência correta


Para tirar as dúvidas sobre tosa em cães a veterinária Paula Rolim explica alguns pontos sobre a prática, que é mais comum durante o verão, mas também pode ser feita durante o inverno – como a tosa higiênica , que visa diminuir o tamanho dos pelos das partes íntimas do animal para evitar muita sujeira, e pode ser feita a cada quinze dias.

“O mínimo de tempo entre as tosas é de um mês”, conta Paula. “Como o pelo tem a função de controle de temperatura e também de proteção da pele, não se deve tosar o animal toda semana”, explica.

Leia também: Especialista dá dicas para tosar cachorro no verão

As raças mais comuns que necessitam de tosa são:

  • Shih Tzu
  • Lhasa Apso 
  • Bichon Frise 
  • Poodle 
  • Schnauzer 
  • Cocker Spaniel
  • Maltês

Para as raças que não precisam deste cuidado, a veterinária explica que a atitude de tosá-las pode ser prejudicial e irreversível. “Deve-se tomar cuidado com as raças que possuem subpelo, porque ele pode crescer com falhas ou até mesmo pode não crescer mais”, revela. Entre elas estão Golden Retriever, Pastor Shetland, Border Collie, São Bernardo e Samoieda.

Existem diferentes  tipos de tosa disponíveis no mercado, antes de decidir por uma específica converse com o veterinário do pet.