Tamanho do texto

A falta de umidade nos dias mais frios aumenta o ressecamento da pele, que pode ficar machucada se não receber tratamentos especiais

O inverno é uma estação difícil para os animais de estimação. Além de provocar doenças respiratórias e fazer os bichinhos passarem frio, causa ressecamento da pele. A falta de umidade aumenta essa secura, que se não for cuidada, pode causar diferentes problemas dematológicos. Dessa forma, é importante saber como hidratar a pele do cachorro nesse período.

Leia também:  As  doenças de inverno que mais atingem os animais e como preveni-las

Antes de qualquer coisa é importante saber que o ressecamento pode ter outras causas, como problemas como sarna, coceiras, doenças e genética. Por isso, antes de  hidratar a pele  do animal, o dono deve conhecer os reais motivos que provocaram a secura. A recomendação é sempre consultar o veterinário para diagnosticar e tratar corretamente a situação.

A partir do momento que a possibilidade de uma doença é descartada, o dono pode iniciar o tratamento para manter a pele do pet hidratada. Para isso existem diversos caminhos, mas o ideal é sempre utilizar métodos naturais ou específicos para animais de estimação, para garantir a eficácia. Confira 10 formas diferentes de cuidados. 


A utilização de produtos naturais é importante para garantir a eficácia na hora da hidratação
reprodução shutterstock
A utilização de produtos naturais é importante para garantir a eficácia na hora da hidratação

Modificação da alimentação

Um dos principais métodos para hidratar a pele do pet é mudando temporariamente sua dieta, para que produza mais camada de gordura. Troque a ração por alguma com peixe na composição, adicione três vezes na semana alguma gotas de azeite nas refeições e ofereça ovo uma vez por semana. Esses alimentos ajudarão na regeneração da derme de modo natural e a deixá-la brilhante. 

Outra opção é complementar com Ômega 3 e Ômega 6. Consulte um profissional veterinário sobre a melhor forma de administrar essese óleos essenciais. Você também pode preparar, sem o uso de temperos, snacks de frutas e legumes para o cão. Cenoura, abóbora e batata doce são boas para hidratação.

Coloque roupinhas no cão

Como o frio é uma das causas do ressecamento, é importante comprar roupinhas para mantê-lo aquecido. Se você vê-lo tremendo, seja dentro ou fora de casa, coloque a roupinha. Opte por peças confortáveis e que permitam a mobilidade. Além disso, forre sua casinha com almofada e cobertores para que não sinta frio durante a noite.

Acaricie bastante a pele

Pode parecer estranho, mas acariciar a pele ajuda na diminuição da secura. O ato de passar a mão estimula a derme e, consequentemente, sua camada natural de gordura. O lado bom dessa dica é que tem efeito duplo: você melhora o problema de ressecamento e oferece mimos extras ao pet. 

Leia também: Cachorro resfriado: é possível o dono transmitir a doença para o pet?

Diminua os banhos e utilize produtos específicos

Os banhos são muito importantes, mas abusar provoca o efeito contrário. Isso porque o sabão e a água em excesso eliminam a proteção natural da derme, causando o ressecamento. Informe-se sobre quanto tempo deve durar o intervalo entre os banhos, principalmente no inverno. 

Além disso, não deixe de utilizar shampoos específicos para cães com pele seca. Há diversos no mercado que podem ajudar nesse problema. Na hora da compra, procure por aqueles com aveia na composição, esse ingrediente é muito bom para cuidados com a derme. 

Reduza a quantidade de banho e compre produtos específicos para pele seca
reprodução shutterstock
Reduza a quantidade de banho e compre produtos específicos para pele seca

Assim como nós humanos compramos condicionador para hidratar e dar brilho ao cabelo, também existe essa opção para os caninos. É possível encontrar no pet shop várias opções desse produto. Durante o banho, aplique após o shampoo e deixe agir por 15 ou 20 minutos. Depois enxague com bastante água para eliminar todos os resíduos. 

Escove regularmente o pelo

Além de retirar os pelos soltos e evitar que o animal largue-os pela casa, a escovação é uma das maneiras de estimular os folículos da pele para liberar óleos hidratantes. O ato também ajuda a desobstruir a superfície da derme, evitar acumulação de pé, sujidade e caspa. Lembre-se que todos os cães precisam ser escovados, independente do tamanho da pelagem. No entanto, aqueles com pelo longo precisam mais frequentemente. 

Ofereça bastante água

Água é indispensável na vida de qualquer ser vivo. No inverno, lembre-se de oferecer água em abundância já que a sede diminui, podendo levar a desidratação. Em relação à pele, esse líquido ajuda a hidratar os tecidos internos, algo que se repercutirá também na derme. 

Umidificador de ar

Junto com o inverno vem o clima seco, um dos grandes aliados para deixar a pele do pet seca. Além disso, o uso de aquecedores ou ar condicionado contribui no aumento da sensação de secura, pois tiram a umidade do ar. Para ajudar, uma dica é utilizar umidificador de ar dentro dos ambientes da casa. O aparelho trará a umidade de volta, ajudará na pele seca do cão e do dono e também melhorará a saúde respiratória. 

Leia também: Focinho de cachorro ressecado é sinônimo de preocupação?

Reduza a exposição ao sol

Embora o sol seja muito importante para a saúde dos animais, a exposição excessiva não faz bem. Ficar muitas horas recebedno raios solares provoca queimaduras e irritação, principalmente nos cães sem pelo. Esse problema é maior no verão, mas não devemos descuidar no inverno.

A exposição prolongada aos raios ultravioletas pode desenvolver lesões com grande risco de serem cancerosas. Cães que só vivem dentro de casa são ainda mais vulneráveis, já que não estão acostumados com o sol. Por isso, tenha muito cuidado com a pele do bichinho. Opte por passeios nas horas mais frescas e passe protetor solar próprio para cães.

Consulte primeiramente o veterinário para conhecer os reais motivos do ressecamento e saber como hidratar a pele corretamente
shutterstock
Consulte primeiramente o veterinário para conhecer os reais motivos do ressecamento e saber como hidratar a pele corretamente

Utilize azeite

O uso do azeite de oliva é muito benéfico para cães de pele seca, pois tem fortes propriedades hidratantes. Por ser um produto de origem natural, não trará nenhum problema para a saúde. Só tome cuidado durante as aplicações. Usar demais deixará manchas de azeite pela casa toda. 

Leia também:  A queda de pelo excessiva nos pets é normal? Saiba mais sobre o assunto

Consulte o veterinário

Por mais que todas as dicas anteriores ajudem a hidratar a pele , ainda sim é preciso consultar o veterinário. Cada problema cutâneo necessita de um tratamento específico e, para que seja resolvido com eficácia, nada melhor do que recorrer a um profissional.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.