Tamanho do texto

É importante comprar a gaiola certa e proporcionar o máximo de conforto a ave

Os cachorros e os gatos são os principais animais de estimação nas casas brasileiras, mas nem todo mundo tem condições de criar esses bichos. Pensando nisso, as aves podem ser uma boa alternativa para quem deseja ter um amigo do mundo animalesco em casa. Dentre as espécies, o periquito é o mais escolhido entre as pessoas.

Saiba mais:  Periquito: principais cuidados e como criar em casa

periquito é uma ave da mesma família do papagaio, embora seja bem menor. Ele vive por bastante tempo, cerca de 15 anos, e são encontrado em uma grande escala de cores (exceto vermelho e preto), podendo nascer monocromático ou policromático. 

As vantagens de ter essa ave são muitas: ela é pequena, consequentemente não dá tanto trabalho para criar, não exige muito tempo do dono, não precisa ser levada para passear e vive em um ambiente controlado. Esse pequeno pássaro é bastante alegre e pode chegar a aprender algumas palavras. Os machos tem maior facilidade na aprendizagem da fala, já as fêmeas assoviam melhor. 

Escolher um periquito como animal de estimação pode ser uma boa opção
Reprodução/ Shutterstock
Escolher um periquito como animal de estimação pode ser uma boa opção

Se estiver pensando em adquirir um exemplar, saiba que os periquitos adoram companhia, por isso é comum comprá-los em pares, embora não seja regra. É bem possível ter um único pássaro e ele viverá tranquilamente. No caso de aquisição de um par, não há problema de colocar dois machos no mesmo ambiente, mas duas fêmas não é uma boa escolha. Elas brigam continuamente desde jovem. 

Antes de decidir ter um periquito, é importante saber a resposta para essa pergunta: qual gaiola devo comprar? Cada tipo de ave se adapta melhor a um tipo de gaiola, por isso deve escolher a ideal. O pássaro ficará dentro dela pelo resto da vida e é obrigação do dono proporcionar o melhor ao animalzinho. 

Saiba mais:  Quantos anos vive um papagaio e as principais características

Escolhendo a gaiola

Antes de tudo é preciso conhecer a ave. As características são responsáveis por determinar o tipo de habitat ideal. No caso dos periquitos, eles são muito agitados, adoram ficar pulando de um poleiro ao outro e dando mini voos pela gaiola. Por outro lado, seu porte é pequeno, então o ambiente não necessita ter dimensões extremas.

Uma gaiola, para qualquer ave, deve ter pelo menos um tamanho que permita o animal abrir as asas sem tocar nas laterais. Para os periquitos esse regra também vale. No caso dessa espécie, a gaiola deve ser grande e de preferência o dobro do seu tamanho com as asas abertas. A personalidade agitada exige um ambiente grande, ainda mais se for criado mais de um periquito no mesmo local. 

Em relação ao formato, jamais compre gaiolas redondas, pois a ave perde a noção do espaço. Isso pode ser prejudicial a saúde. Opte pelas quadradas ou retangulares, mais adequadas para a espécie. Caso escolha por um viveiro, as mesmas dicas valem. Não compre as feitas de madeira, pois existe uma grande chance do pássaro roer as grades e fugir. Prefira as de metal, que são mais resistentes e também higiênicas. 

Não compre gaiolas redondas, pois elas tiram a noção de espaço da ave
reprodução shutterstock
Não compre gaiolas redondas, pois elas tiram a noção de espaço da ave


Prefira os modelos de metal e retangular ou quadrado
reprodução shutterstock
Prefira os modelos de metal e retangular ou quadrado



Poleiros

Apesar já vier em gaiolas e viveiros, nem sempre eles são adequados para os periquitos. Os poleiros que vem junto são lisos e finos, pouco indicado para a espécie. Esse modelo pode causa artrose no futuro ou então eles podem comer pedaços da madeira, pois tem o costume de bicar e arrancar. 

O ideal são poleiros mais grossos, irregulares e com deformidades. Eles são conhecido como poleiros naturais, pois imitam galhos de árvores. Opte pelos feitos de madeira não tóxica ou reaproveite partes de árvores para imitar o objeto. O periquito consegue viver em cima dos poleiros que vem na gaiola, mas, caso queira proporcionar um maior conforto e habitat mais próximo do ideal, seria interessante adquirir os poleiros naturais. 

Mais:  Calopsita: todas as características da ave e os cuidados necessários

Coloque-os na gaiola de forma que a ave consiga voar a uma boa distância, mas não ponha colado nas grades laterias, pois as penas do rabo podem ficar roçando no arame quando pousarem e isso irá deixá-las com um aspecto feio. 

Os poleiros naturais são os mais indicados para colocar na gaiola de periquitos
Reprodução Redes Sociais
Os poleiros naturais são os mais indicados para colocar na gaiola de periquitos



Comedouros e bebedouros

Não tem muito segredo escolher os comedouro e bebedouros dos periquitos. O ideal é que sejam de plástico ou metal, pois são mais fáceis de limpar e diminui as chances de proliferar doenças. A mesma dica vale para a vasilha de banho. Eles podem ficar do lado de fora, isso evita que os pássaros sujem a água ou desperdicem a alimentação que fica nos potes.

A água do bebedouro e a da banheira precisam ser trocadas todos os dias para evitar o acúmulo de bactérias e o desenvolvimento de doenças. A comida também precisa ser renovada regularmente para que não estragar ou ficar suja de fezes. 

Brinquedos

Caso queira entreter as aves, uma boa opção é comprar brinquedos e colocar na gaiola. Os periquitos adoram escalar, roer, se balançar e se pendurar. É importante considerar a comprar de brinquedos, pois eles evitam o estresse e o tédio. Os objetos distraem o animal quando o dono não está por perto e se divertem sozinhos. Assim como um cão ou um gato, as aves também gostam de entretenimento e distração.

Dicas de segurança

No momento da compra da gaiola ou viveiro é importante ficar atento a alguns detalhes para proprocionar segurança ao periquito.

  • Veja se a gaiola é sólida e estável 
  • Confira o espaço disponível em casa onde pretende deixá-la. O local precisa comportar a gaiola ideal para a ave
  • Veja se não possui cantos pontudos ou peças de metal que poderiam ferir você ou o animal
  • Atente-se a pequenas peças que possam estar soltas pela gaiola, pois o animal pode acabar engolindo-as
  • Confira os fechos e travas. O periquito é uma ave que gosta de tentar abrir a gaiola, por isso é bom verificar se o objeto tem um esquena "anti-fuga" reforçado 
  • Garanta que a distância entre as barras seja menor do que o tamanho da cabeça do pássaro, se não ele pode tentar se enfiar entre elas. Por outro lado, barras próximas demais podem prende os pés da ave. Procure uma gaiola com espaços medianos
  • Opte por modelos com o fundo removível, isso irá facilitar a limpeza e mantém fezes longe do alcance do animal

Leia também:  Papagaio imita voz da dona e faz compras online sem ela saber

Leve em consideração todas essas dicas no momento de adquirir um periquito. É importante garantir o melhor ambiente e o máximo de conforto à ave. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.