Tamanho do texto

Entenda quais os benefícios e como praticar esse tipo de atividade física com o pet

Ao adotar um cachorrinho uma das principais características a ser avaliada é o nível de energia dele. Se for um pet muito ativo, o ideal é viver em um local espaçoso e praticar exercícios pelo menos uma hora por dia. No caso dos mais preguiçosos, brincadeiras diárias em casa podem resolver e caminhadinhas rápidas duas vezes por semana são suficientes. Afinal, passear com cachorro ajuda a reduzir o estresse do animal, assim como libera uma série de hormônios bons. 

+Dicas para evitar problemas durante o momento de passear com cachorro

Saiba a importância de passear com seu cão
Reprodução/ Redes Sociais
Saiba a importância de passear com seu cão

Além disso, é importante lembrar que os passeios aproximam e estreitam os laõs entre pet e tutor. Nada melhor do que passear com cachorro em um parque agradável ou desfrutar de algumas brincadeiras com ele em um sítio com gramado extenso, por exemplo. Mas, será que ao passear com cachorro é indicado caminhar e, mais do que isso, correr? Confira tudo sobre o assunto e inspire-se para sair mais com seu companheiro!

Bons motivos para passear com cachorro

O passeio, seja ele constante ou bem esporádico, auxilia não só na queima de calorias do pet (e do tutor), mas no equilíbrio psicológico e na eliminação daquela energia extra que deixa alguns cães hiperativos. Além de ficar mais calminho e tranquilo , ele dorme melhor, fica mais alegre e disposto.

No entanto, existem raças mais enérgicas que outras e as quais demandam mais tempo do tutor - e deve-se estar atento a tudo isso na hora de escolher.

Existe, ainda, uma necessidade instintiva, que vem da época em que cães eram lobos. Estes caminhavam por diferentes territórios em busca de alimento e água, principalmente. Com o processo do sedentarismo, muitos  cachorros foram domesticados - mas nem por isso perderam essa característica.

Parques podem ser lugares ideais para passear com cachorro
shutterstock
Parques podem ser lugares ideais para passear com cachorro

Eles precisam conhecer novos lugares, explorar cheiros e outros animais. Ao privar o pet dessa parte importante da vida dele, o tutor, sem querer, prejudica parte do desenvolvimento do cão. 

É bom lembrar também que um quintal grande e espaçoso ajuda a manter o pet ativo e mais brincalhão, porém não resolve o problema. O contexto do passeio como um todo é fundamental para ele. 

+Saiba como ensinar os comandos básicos

Vantagens da caminhada e da corrida

Ao levar o cachorro para passear ao ar livre, o tutor tem uma oportunidade de dar atenção só para ele durante aquele período do dia. É um momento de aproximação entre ambos - que deve ser aproveitado principalmente por pessoas com pouco tempo para ficar com o pet.

A disposição e a redução do estresse são as principais vantagens desse processo. É uma reação natural do corpo liberar hormônios da felicidade e do prazer ao praticar atividade física. Aos poucos, o pet também vai ficando mais em forma, adquirindo força e resistência. A cada nova caminhada ele conseguirá ir um pouquinho mais longe e com maior velocidade. 

É também uma forma de incentivo, porque se o tutor não for por ele, vai pensar no cachorro. Essa parceria traz motivação e ainda desvia o pensamento dos problemas e da tensão do dia a dia, já que o foco estará no bichinho, além de si mesmo. O contato é responsável por outro benefício citado em um estudo : ameniza a ansiedade e diminui consideravelmente as chances de desenvolver depressão, assim como na cura da doença. 

E é claro: garante uma prevenção aos cães com tendência à obesidade

Como fazer o exercício da forma certa?

De nada adianta levar o pet para passear diariamente se a caminhada ou a corrida for feita de forma errada. O ritmo e a condição física do animal devem ser respeitados. Se antes ele só dava uma voltinha rápida de 10 minutos, agora é hora de adequar o tempo à intensidade do exercício.

A frequência dos passeios é mais relevante do que tentar ficar duas horas passeando com ele, por exemplo. Tente escolher três dias da semana (alternados) ou quantos puder levá-lo e mantenha-os até o cão se acostumar. Evite fazer isso só aos fins de semana, porque o pet não vai criar um hábito e o corpo dele também vai demorar muito mais para responder aos estímulos.

Conheça os benefícios de correr e caminhar com o pet
Reprodução/ Shutterstock
Conheça os benefícios de correr e caminhar com o pet

No começo, as caminhadas devem ser leves, por volta de 5 a 6 km/h, de forma que o tutor consiga falar sem dificuldade e transpire pouco. A cada semana, tente aumentar o desafio. Nos primeiros dois meses o ideal é só andar e no máximo começar a trotar a partir do segundo, ainda moderadamente. Nesse meio tempo entre 20 e 35 minutos por passeio são suficientes.  

A partir do quarto mês o cão já está apto para correr de verdade, ainda mesclando os dois exercícios - faça no máximo 40 a 45 minutos. O mesmo é válido para o quinto mês. Passados seis meses, uma hora de caminhada e corrida está permitida, mas a primeira deve ser sempre mais intensa do que a segunda. 

No entanto, o tutor deve considerar o porte do animal e quanta energia ele tem para realizar as atividades. Consulte sempre um veterinário se tiver qualquer dúvida sobre a condição física do pet. Em especial se for um cachorro obeso , precisa de cuidados redobrados, inclusive com o coração e com as articulações.

Dicas para um passeio tranquilo

Para ter um passeio mais tranquilo, é bom seguir algumas dicas:

  • O pet deve estar sempre de coleira e sob a atenção do tutor
  • O ideal é levá-lo em horários com menos gente e quando o sol estiver mais baixo e fraco, como de manhãzinha ou depois das 15h
  • Se o cão acabou de comer, espere duas horas, para fazer a digestão. Do contrário ele pode passar mal
  • Deve estar hidratado durante todo o passeio. É recomendável levar garrafa d'água ou um potinho que possa ir enchendo aos poucos

Agora que você já sabe como passear com cachorro praticando caminhada e corrida, marque a próxima saída e não esqueça a coleira do pet!

+Como passear com cachorro sem puxar a coleira?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.