Tamanho do texto

O betta é um dos animais de estimação mais escolhido pelas pessoas por ser barato, resistente e fácil de cuidar

O peixe betta, também conhecido por Betta splendens ou Peixe de Briga Siamês, está entre os animais de estimação mais populares nas casas brasileiras. Ele chama atenção pelas suas escamas coloridas e barbatanas vastas, atraindo a maioria dos amantes de peixes. As crianças também ficam fascinadas e normalmente é o primeiro bichinho que ganham na vida. 

Conheça os 7 erros mais comuns na hora de montar um aquário

A popularidade do  peixe betta  vem do fato de ser um animal barato, resistente e fácil de cuidar. Até hoje, na hora de escolher um animal aquático, o betta é sempre a primeira opção que vem na mente. Por isso, é muito importante saber como cuidar dele. 

O peixe betta é famoso por ser um animal barato, fácil de cuidar e de baixa manutenção
reprodução shutterstock
O peixe betta é famoso por ser um animal barato, fácil de cuidar e de baixa manutenção


Escolhendo o exemplar certo

Antes de comprar um betta, tenha certeza de que possui condições de criá-lo. Sabemos que ele exige muito menos atenção e cuidados do que um cão ou um gato, mas como qualquer ser vivo não pode ter seus cuidados negligenciados. Além disso, tenha em mente que esta espécie pode viver até 10 anos se for cuidado corretamente, ou seja, é um investimento duradouro. Dessa forma, pense bem antes de tomar qualquer atitude. 

Agora, se já tem certeza de que quer um betta, está na hora de escolher o exemplar. Verifique como está a sua aparência: veja se o animal possui cor viva, se as barbatanas não têm machucados e se ele responde a sua interação. Esse é um teste para verificar as condições de saúde do peixe antes de levá-lo para casa. Na dúvida, peça ajuda a um vendedor de confiança para escolher o mais saudável.

Comprando o aquário ideal

Esta espécie se adapta bem em aquários pequenos, mas não minúsculos. Normalmente o ambiente deve permitir que ele abra suas barbatanas sem encostar no vidro. No entanto, o recipiente ideal irá depender muito da quantidade de bettas que pretende comprar. Supondo que seja apenas um exemplar, existem nas lojas aquários chamado de beteiras, que são próprios para a espécie. Se estiver disposto a investir e comprar um aquário de maior proporção, a opção de 20L é a recomendada para um peixe.

Saiba como montar um aquário corretamente

No caso de vários animais, será preciso comprar um recipiente maior. Por volta de três peixes, escolha um de 30L a 40L, já grandes comunidades necessitam de um aquário de 100L. Porém, é preciso ter em mente que o betta não gosta muito de companhia. Ele não é chamado de Peixe de Briga Siamês à toa, é bastante agressivo com seus companheiros de espécie. Então, evite querer juntar vários bettas - principalmente machos - pois o resultado não será agradável.

Em relação a outras espécies de peixes, é importante fazer uma pesquisa antes para saber quais o betta aceita conviver, assim brigas e agressões são evitadas. No geral, a melhor escolha é comprar um exemplar do betta e deixar que viva sozinho. Caso a intenção seja criar comunidades, escolha outra espécie. 

O betta não se dá bem com seus companheiros de espécie, por isso é conhecido por peixe de briga siamês
reprodução shutterstock
O betta não se dá bem com seus companheiros de espécie, por isso é conhecido por peixe de briga siamês

Na hora de encher o recipiente, é importante utilizar água sem cloro ou sal numa temperatura de 22ºC a 32ºC. Evite deixar o aquário aberto, pois os bettas tem costume de saltar para fora.  

Comprando os acessórios

Para proporcionar um ambiente mais próximo ao natural, é interessante decorar o interior com elementos diversos. Compre areia ou cascalho de textura suave e fina para que não machuque o peixe. Coloque dentro do aquário até formar uma camada de pelo menos 2 cm.

Para a decoração, opte por plantas naturais, pois machucam menos o bichinho e dão um ar mais bonito. Consulte um vendedor quais espécie são indicadas para o fundo de um aquário. Esconderijos também são interessantes, principalmente se tem mais de um betta no mesmo recipiente. Rochas são dispensáveis, pois podem cortar as barbatanas. Mas, se deseja por, coloque o mínimo possível, apenas para compor o cenário. 

Adicionar luz pode ser um truque interessante para deixar o ambiente mais bonito. Utilize um tom azul, verde ou lilás para destacar a decoração e/ou a cor do betta. Não é necessário utilizar um filtro ou termostato, pois essa espécie sai com certa regularidade para tirar o ar. 

Escolhendo o local do aquário

O aquário pode ficar em qualquer lugar da casa, basta não ficar exposto diretamente ao sol, ao frio excessivo, a cheiros muito fortes e qualquer outra condição não agradável para um ser vivo.

As diferentes utilidades de um aquário e possíveis acessórios decorativos

Alimentação

Nos pet shops é possível encontrar comidas específicas para bettas em forma de flocos, granulados ou bolinhas. Ofereça duas ou três vezes ao dia e não superalimente seu betta. Em geral, ele precisa de duas a quatro pequenas pitadas de alimento para se sentir saciado. Use o bom senso para saber dosar as refeições, evitando assim o desperdício. 

Caso queira enriquecer a alimentação, ofereça pequenos insetos que são normalmente encontrados no fundo de rios e entre plantas. Larvas de mosquitos, grindal, artêmia estão entre as possibilidades de refeição. É possível encontrar em lojas de alimento congelado. 

Qualquer dúvida sobre a alimentação consulte um veterinário especializado. Cuidado ao dar outros tipos de comidas, pois isso irá refletir diretamente na saúde do animal. 

Os cuidados com esta espécie são bem simples
reprodução shutterstock
Os cuidados com esta espécie são bem simples

Limpeza do aquário

Se houver, retire todos os dias o excesso de comida que restar no aquário. Isso evita que a água fique suja em pouco tempo. A limpeza geral do aquário deve ser feita a cada 10 ou 15 dias. Primeiramente, retire o betta com uma redinha apropriada e coloque em outro recipiente com metade da água suja. Jogue fora o restante da água e limpe o aquário apenas com água, assim como todos os acessórios presentes.

Encha o tanque até a metade com água fresca e certifique-se de que a temperatura da nova não esteja muito diferente da água da antiga. Por fim, devolva o peixe junto com o líquido velho. Evite trocar toda a água do aquário para não causar choque de pH e temperatura. 

Conheça as doenças que mais atingem o peixe betta

Saúde

Verifique todos os dias o aspecto e o comportamento do seu peixe betta para confirmar que se está saudável. É preciso ficar atento a qualquer anomalia, pois pode significar doença. Em casos assim, levo-o imediatamente a um veterinário para o diagnóstico correto. Jamais medique um animal em casa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.