Tamanho do texto

André L. Almeida, do Adestramento Comportamental, explica que esse comportamento dos cães é causado pela ansiedade e acaba sendo reforçado pelas pessoas; assista ao vídeo

Receber convidados em casa é sempre bom, mas gira em torno de muitas preocupações. Escolher o cardápio que vai ser oferecido, preparar, arrumar toda a casa... E, se você tem um cachorro acostumado a pular nas visitas, você tem uma tarefa a mais. 

Leia também: Seu cachorro é tímido e inseguro? Saiba como transforma-lo num cão autoconfiante

Quando as pessoas chegam, o cãozinho fica enlouquecido, não para de latir, pular nas visitas , podendo arranhá-las ou até macucá-las, situação que não é muito agradável. Para sua sorte, André L. Almeida, do Adestramento Comportamental e novo colunista do Canal do Pet, vai te ajudar a preparar o seu bichinho para essas situações. 

André Almeida, do Adestramento Comportamental, mostra como ensinar o cachorro a não pular nas visitas
Reprodução
André Almeida, do Adestramento Comportamental, mostra como ensinar o cachorro a não pular nas visitas

André explica que esta agitação dos cães, geralmente é causada por ansiedade, e nós, involuntariamente criarmos isso ao dar atenção na hora errada.

A melhor forma de corrigir esse comportamento, é criar uma rotina de atividades. Passeios e brincadeiras antes de receber a visita ajuda, pois o cão gasta a energia acumulada. E é nessas atividades que os comandos utilizados para acalmar o cão e adestrá-lo a não pular nas pessoas são introduzidos. 

Leia também: Cão comendo parede: por que o animal tem esse comportamento e como solucioná-lo?

O objetivo final é mostrar que não é pulando que ele ganha. Colocamos um comando básico, como o "senta", ou um avançado como "cama" (ou local previamente marcado) e assim ele será premiado quando estiver lá.

A forma de ensinar o cachorro a não pular nas visitas é mostrar que isso não é legal
Reprodução
A forma de ensinar o cachorro a não pular nas visitas é mostrar que isso não é legal

Assim, quando chegar a visita, ele vai para tal local e ganha o prêmio dele, e quando isso estiver funcionando, o que deve acontecer depois de algumas aulas de adestramento , a visita pode também premiar ele.

Para marcar o erro do comportamento, basta ignorar o cão, e se for necessário, sair do local. Dar bronca ou colocar o bichinho de castigo não é a melhor solução, em alguns casos pode resolver momentaneamente, mas provavelmente fará com que o cão entenda que aquela situação é seguida de algo ruim, podendo criar evitação além do esperado para a ocasião e até agressividade com quem chegar na casa.

Leia também: Comportamento canino: por que os cães viram a cabeça para o lado?

André mostra parte do que explica na filmagem da aula de adestramento para não pular nas visitas do Dom, um Golden Retriever de um ano de idade. Dá uma olhada no vídeo para entender melhor como funciona o processo de adestramento do cachorro para essa situação. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.