Tamanho do texto

Estudo descobriu que os pets entendem o que os donos falam a partir da forma como se expressam, e assim reagem de determinada maneira

Você já reparou que quando está conversando com seu cão ele inclina a cabeça para o lado? É algo bastante comum entre os pets, mas muitos donos não entendem o motivo desse comportamento canino. As razões que o levam a fazer esta ação são variadas, mas num geral é uma resposta a voz ou um estímulo sonoro. 

Leia também: Estudo comprova que os cães utilizam linguagem gestual para se comunicar

Um estudo feito pela Universidade de Sussex e publicado pelo jornal Current Biology descobriu que os pets entendem o que os donos falam a partir da forma como se expressam. Por exemplo, se nos dirigirmos ao cão de maneira que mexa com suas emoções, a tendência é virar a cabeça para o lado esquerdo. Conhecer esse comportamento canino fará você entender melhor seus bichinhos.

Inclinar a cabeça para o lado é um gesto bem comum, mas muitos donos não entendem o motivo desse comportamento canino
reprodução shutterstock
Inclinar a cabeça para o lado é um gesto bem comum, mas muitos donos não entendem o motivo desse comportamento canino

O funcionamento do cérebro dos cães

O cérebro dos cachorros é dividido em dois hemisférios, direito e esquerdo, assim como o dos seres humanos. O primeiro lado (direito) é o responsável pelo lado emocional, enquanto o outro (esquerdo) é ligado à linguagem, a razão. O estudo da universidade comprovou que os pets mexem a cabeça de acordo com a sensação transmitida na fala dos tutores. 

Nos momentos em que são elogiados, como quando faz algo correto ou recebe carinho, provavelmente a cabeça será inclinada para o lado esquerdo. Já quando não tem emoção na fala, a ausência de sentimentalismo é percebida pelo animal, então irá virar a cabeça para o lado direito. Essa reação também é uma forma de deixar o ouvido esquerdo mais atento às instruções do dono. 

Leia também: Como melhorar a comunicação com o animal de estimação

A realização do estudo

Para chegar a esse resultado, os cientistas selecionaram 250 cães e os colocaram dentro de uma sala de som. Pediram para os tutores dizerem "come on, then", ou seja, "venha" em português, para seus respectivos animais de forma clara e sem nenhuma emoção. Nesse momento, observou-se que a cabeça inclinou para a direita. 

Um estudo feito pela Universidade de Sussex e publicado pelo jornal Current Biology descobriu que os pets entendem o que os donos falam a partir da forma como se expressam
reprodução shutterstock
Um estudo feito pela Universidade de Sussex e publicado pelo jornal Current Biology descobriu que os pets entendem o que os donos falam a partir da forma como se expressam

Depois, os donos pronunciaram frases com sentimentalismo muito forte, porém as palavras não podiam ser compreendidas claramente. Mesmo sem entender o que os tutores diziam, os animais viraram a cabeça para o lado esquerdo. Por fim, ouviram uma pessoa desconhecida falando a mesma coisa, mas não apresentaram nenhuma reação. 

Leia também: Psicólogo de animais: conheça tudo sobre essa nova área profissional

Apesar de a pesquisa não mostrar como os cães consegue interpretar os sons, ficou comprovado que eles utilizam as linguagens verbais e não verbais para compreender o que escutam. Por mais que eles não entendam exatamente tudo que é dito, conseguem interpretar as frases. Descobrir a razão desse comportamento canino mostrar que os donos não estão loucos por conversarem com os pets. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.