Jill Castellano ficou encantada ao ver Bud na rede social de um abrigo e o adotou no final de julho de 2020
Reprodução/Instagram/bud_the_pitbull
Jill Castellano ficou encantada ao ver Bud na rede social de um abrigo e o adotou no final de julho de 2020

Um  pit bull de dois anos, chamado Bud, foi deixado em um abrigo de animais no México durante o verão de 2020 sem nenhuma informação e com a mandíbula gravemente ferida. Havia uma infecção que já tinha corroído boa parte da mandíbula do animal, que estava se decompondo e, segundo relatos da equipe do abrigo, cheirava a podre.

Um outro abrigo chamado Animal Pad, com sede em San Diego, no Estados Unidos, ofereceu ajuda para realizar uma operação arriscada para remover metade da mandíbula do cão, sendo o único jeito de reverter a infecção.

Felizmente, a cirurgia foi bem sucedida e Bud voltou a andar já no dia seguinte, mostrando ser um animal alegre. O Animal Pad compartilhou a história do cachorro em uma rede social, que chegou ao conhecimento de Jill Castellano, de San Diego.

Jill, que é jornalista, se encantou com o animal e imediatamente soube que iria adotá-lo. Ela entrou em contato com o abrigo e marcaram um encontro em um parque.

“Ele veio até mim e lambeu meu rosto, e se sentou bem no meu colo - eu não conseguia parar de rir do quanto ele mexia o quadril e como sua língua sempre ficava para fora da boca. Ele era um bobo e eu queria que ele fosse meu bobo”, contou Jill ao Metro.

A jornalista adotou Bud ao final de julho de 2020 e o levou para casa, onde ele logo se adaptou a nova vida ao lado da tutora e de seu parceiro, Andrew. Segundo a tutora, Bud é um cachorro alegre e gentil com as pessoas, cheio de energia e que se apaixona por todos os que conhece.

Leia Também

Ela conta que o problema com a mandíbula não o impede de ser um cão feliz e que consegue comer e beber água normalmente, embora, por não ter a parte inferior da boca, parte da ração e da água da tigela se espalhem pelo quintal.

Ela conta também que recebe diversas perguntas nas redes sociais sobre a língua do cachorro. “Uma delas é se limpamos a língua dele. A língua de Bud fica suja quando o levamos para passear porque ela se arrasta no chão”, explicou. “Escovamos seus dentes e sua língua quando fica muito sujo, mas geralmente ele mesmo limpa quando bebe água”, e continua.

“Outra pergunta que recebemos é se a língua dele resseca - sim. Ele fica muito enrugado e com uma aparência boba quando ele dorme. Mas sempre temos água por perto para que ele se hidrate quando acorda”.

Jill conta ainda que Bud precisou passar por várias outras cirurgias depois que foi adotado, removendo os dentes para que a infecção não voltasse, mas nada parecia adiantar. Até que no início de 2021 uma cirurgia mais invasiva foi feita e todos os dentes inferiores do cão foram retirados e a mandíbula foi aberta para que retirassem as bactérias.

A cirurgia foi um sucesso e os médicos veterinários dizem que Bud está completamente curado. Não há informações sobre o que tenha causado o ferimento inicial, mas Jill acredita que Bud tenha sido atropelado por um carro.

“Um veterinário me disse uma vez que Bud tem fragmentos de ossos estilhaçados espalhados pelo crânio, como se tivesse sido atingido por um grande impacto, que causou o problema”, completa.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários