O chow chow é uma das raças de cachorro mais antigas do mundo
Pixabay
O chow chow é uma das raças de cachorro mais antigas do mundo

O Chow Chow chama a atenção onde quer que passe, por sua aparência fofa que se assemelha a um leão e que dá origem ao seu nome, que, em uma tradução livre, significa “leão macio e fofo”. Esse cãozinho é uma das raças mais antigas que existe e estima-se que tenha começado a se desenvolver por volta de dois a três mil anos atrás, no norte da China.

Esse cachorro de aparência fofa não teve uma origem muito simples, pois a raça era utilizada como cão de caça, de guarda, de tração e até como alimento, sendo servido em restaurantes chineses. Além disso, sua pele também era apreciada e tida como artigo de luxo.

Somente no final do século 18, a raça foi levada para o continente europeu, por meio de embarcações chinesas. Na Grã-Betanha, já no ano de 1920, a raça começou a ganhar popularidade, principalmente quando a Rainha Vitória se apaixonou por um cão da raça e decidiu adotá-lo como animal de estimação.

Temperamento independente

O chow chow é fofinho, mas seu temperamento é reservado
Pixabay
O chow chow é fofinho, mas seu temperamento é reservado

Com sua aparência de bichinho de pelúcia, o Chow Chow pode parecer um animal fofo e dócil, mas não é bem assim. Sua criação voltada para os trabalhos braçais tornou a raça bastante independente e reservada. Ele também pode ser bem desconfiado com pessoas estranhas.

Por essas razões, os Chow Chow ganharam a fama de serem cães agressivos, contudo, com boa socialização, se possível desde filhotes, eles se comportarão bem. Com os tutores, eles são bastante apegados e podem escolher um membro da família como seu favorito.

Você viu?

Físico e saúde

Uma das características que identificam os chow chow é a sua língua com tons azulados
Pixabay
Uma das características que identificam os chow chow é a sua língua com tons azulados

Algumas características dos Chow Chow se assemelham muito aos shar pei, como a língua azulada , algo que poucas raças possuem. Essa característica, inclusive, é utilizada para distinguir se os cães são realmente de raça pura – contudo, eles não nascem assim, a cor azulada começa a surgir apenas após algum tempo.

Eles possuem duas variações de pelo, podendo ser mais compridos, com uma camada externa abundante e densa, com uma camada interna macia. Já a variação curta, os pelos são pequenos, lisos, densos e macios. As cores também têm suas variações, podendo ser vistos nas cores avermelhadas, creme, preta e branca.

O Chow Chow é, geralmente, um cão saudável e resistente, mas também pode sofrer com alguns problemas de saúde, entre eles a displasia, uma doença no quadril. Como se trata de um animal calmo, ele pode passar horas deitado, por isso o tutor deve estimular o animal a praticar atividades físicas, para evitar problemas com sobrepeso. Visitas regulares ao veterinário são indicadas.

Higiene

Mesmo reservados, esses são cães muito apegados aos tutores
Pixabay
Mesmo reservados, esses são cães muito apegados aos tutores

Seus pelos precisam ser escovados regularmente, como há uma variação quanto a isso, caso o tutor possua um com a pelagem mais longa, será necessário escovar o pet diariamente. No caso da pelagem mais curta, de uma a duas vezes na semana.

Ao dar banho em um Chow Chow, é necessário deixar seus pelos bem secos, pois são propensos a proliferação de fungos. O mesmo acontece com suas dobrinhas e orelhas, que devem ser higienizadas com certa frequência. Seus pelos também precisam ser tosados com alguma frequência, devido ao clima quente do país que eles não são habituados por natureza.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários