Fernanda Rabaglio é a idealizadora da Matilha Brasil,uma escola para pet influencers
Divulgação/Matilha Brasil
Fernanda Rabaglio é a idealizadora da Matilha Brasil,uma escola para pet influencers

Se tornou algo muito comum alguém estar navegando pelas redes sociais e, de repente, se pegar gastando bons minutos assistindo a vídeos fofos de animais no Instagram ou TikTok, por exemplo. Alguns tutores simplesmente amam compartilhar fotos de seus pets para os amigos.

De tão fofos e engraçados, acabam viralizando e ganhando milhares de visualizações. No entanto, o que muitos tutores não imaginam é que cada vez mais, os perfis pets estão ganhando espaço para se profissionalizar nas redes sociais, como verdadeiros influencers pet.

Foi com esta percepção que a designer e especialista em marketing digital, Fernanda Rabaglio , criou a primeira escola dedicada a influenciadores pets do Brasil. O objetivo é ser uma comunidade para marcas que desejam gerar valor por meio de conteúdos estratégicos e bem produzidos e ensinar aos tutores o que precisam saber sobre as plataformas das redes sociais e criação de conteúdo de acordo com o público que pretende atingir.



Atualmente, a escola conta com mais de 400 assinantes em sua plataforma e cerca de 27 campanhas com marcas do segmento pet. “Nossa plataforma oferece de uma a três aulas por semana com tarefas práticas para que o pet influencer sinta sua evolução em conteúdo e em crescimento, além de saber criar um conteúdo estratégico que obtém resultados, assim como mensurar os resultados do seu trabalho”, explica. 

Para a empresária, algumas práticas das redes sociais para o nicho pet, como sorteios, recebidos e concursos de embaixadores, que nada mais são do que um recebido fixo, podem ser aprimorados para haver, de fato, conteúdo, estratégia e treinamento exclusivos para quem deseja crescer no mercado pet. Ela é administradora do perfil "5 Ursinhos Chowchows", que conta com quase 70 mil seguidores, apenas no Instagram.

Como funciona?

As marcas são o carro chefe para as campanhas com influenciadores. De acordo com Fernanda, o primeiro passo é entender as necessidades da marca e criar um pacote de campanhas ao longo do ano para entregar visibilidade, trabalhar branding, lançamentos, credibilidade e conversão, a depender do momento da marca em cada fase do ano.

Você viu?

O trabalho com cães e tutores está ligado ao desenvolvimento das redes sociais, por meio de estratégias de marketing de influência. Nas aulas os tutores podem aprofundar seus conhecimentos sobre o digital, aprendendo a monetizar o perfil e melhorar a qualidade de conteúdo disposto para marcas. Além disso, segundo Fernanda, a escola auxilia na interface entre o influenciador e a marca.

“De bônus formamos uma comunidade de tutores que se consideram mães e pais de pet e trocam dicas do dia a dia, para cuidados e bem-estar animal”, diz.

Tutores podem transformar seus pets em celebridades do nicho nas redes sociais, criando parcerias com marcas do ramo
Reprodução/Pixabay
Tutores podem transformar seus pets em celebridades do nicho nas redes sociais, criando parcerias com marcas do ramo

Para adestradores comportamentais

Fernanda explica que a escola se restringe ao gerenciamento das redes, contudo, dentro do time da escola há adestradores e veterinários que ajudam os tutores e, muitas vezes, conseguem clientes na própria Matilha.

As redes sociais mais buscadas

Segundo Fernanda, a maioria dos alunos está no Instagram. “No entanto, orientamos marcas e influenciadores a investir na diversificação de redes sociais, além de oferecermos aulas de aprofundamento para todas elas”, ressalta.

Ela acrescenta que o DNA de uma campanha é a criação de conteúdo, por isso, a escola ensina desde o planejamento até a produção de conteúdo de fato, com Instagram, Blog, YouTube e até mídias bem nichadas, como Arknoah, o que é essencial para atingir resultados expressivos.

Os cursos são 100% digitais, para possibilitar que influenciadores de qualquer lugar do Brasil e do mundo tenham acesso. Não há restrições, qualquer animal domestico é aceito, independente de idade, porte ou raça. Para pet influenciadores, é oferecida uma comunidade que ensina como profissionalizar e monetizar perfis exclusivamente de pets.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários