Fergus e Muick foram dados à rainha enquanto seu marido estava hospitalizado
Pets4home
Fergus e Muick foram dados à rainha enquanto seu marido estava hospitalizado

Fergus, como era chamado, foi dado à rainha para lhe fazer companhia enquanto seu falecido marido, Príncipe Philip, ainda estava no hospital. O cãozinho veio a falecer, neste último fim de semana, com apenas cinco meses de idade.

Segundo fontes internas, o pet teve um problema cardíaco ao nascer, que perdurou mais tempo do que esperavam. Fergus era um cachorrinho especial para a rainha, que ficou devastada com a perda.

O cãozinho foi dado à rainha junto a outro filhote, Muick. No dia anterior ao funeral do Príncipe Philip, a rainha levou os dois filhotes do Castelo de Windsor em direção aos Jardins Frogmore, para um passeio.

A rainha deu nome ao cãozinho em homenagem a seu tio materno Fergus Bowes-Lyon, que morreu na França durante a Primeira Guerra Mundial.

"A Rainha está devastada. Os filhotes foram trazidos para alegrá-la durante um período muito difícil. Todos estão chateados e muito preocupados, pois isso aconteceu logo após a perda de seu marido”, disse uma fonte ao jornal The Sun.

Elizabeth criança e seu cãozinho
Reprodução
Elizabeth criança e seu cãozinho

Há poucos meses também  faleceu outro cachorro da rainha, chamado Vulcan, que era pet da rainha desde 2007. Elizabeth II é uma grande fã dos cães da raça corgi. A rainha do Reino Unido é fã de cachorros desde a infância.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários