Tuna é muito carinhosa e se dá bem até com o lagarto da família
Reprodução/Instagram
Tuna é muito carinhosa e se dá bem até com o lagarto da família

Os gatos amam a companhia dos membros da família e, geralmente, não dão muita confiança para pessoas de fora. Mas esse não é o caso de Tuna, uma gata branca de seis anos de idade que durante a pandemia da Covid-19 (quando as entregas pelo correio se intensificaram) descobriu uma ótima maneira de conseguir mais carinho do que já recebe normalmente.

A cada entregador que chegava à porta da casa em que mora, a felina ia dar uma “paquerada” e descobriu que basta jogar o charme felino para os humanos que ela recebe exatamente o que quer.

“Quando o covid começou, todos nós íamos trabalhar em home office e começamos a pedir muito - nossa comida, nossos mantimentos, coisas para tornar nossa casa mais habitável”, contou Cinthia Santos, a tutora da gata, ao The Dodo. “Trabalharmos em casa atrapalhou o horário de sono da Tuna, então ela saiu durante o dia e foi quando começou a sair com o pessoal de entrega”.

Cintia conta que a gata não gosta de ficar sozinha e que sempre está no mesmo ambiente em que estão as pessoas da família. “Ela gosta de atenção, em seus termos. Ela gosta de ser abraçada e acariciada”.

A gatinha adora ir para o lado de fora tomar um pouco de sol, sempre sendo monitorada pelas câmeras de segurança e por uma coleira com GPS, e foi pelas imagens das câmeras que a família notou que Tuna estava “de caso” com alguns entregadores.

Leia Também

“Depois que ela percebeu, 'Uau, as pessoas vêm aqui e eu posso fazer com que elas me acariciem', ela começou a sair muito mais”, disse a tutora. “Acontece periodicamente. Não a colocamos lá de propósito. Se ela quiser entrar, ela vai miar”.

Sempre que Tuna vê um entregador se aproximando, ela informa que deseja receber algum carinho. Mesmo que o entregador não esteja interessado nela no início, Tuna acabará conseguindo o que quer.

@thirstytuna

if you’re out there, Tuna loves u ##wholesome ##deliveryheroes ##cattok @Amazon

♬ A-O-K - Tai Verdes

“Ela é muito persistente. Ela vai se jogar no chão, ela vai se jogar contra a parede, ela chicoteia o rabo. Ela tem truques. Ela só quer que eles a acariciem”, acrescentou. “Ela gosta de receber coçadinhas nas bochechas, então esse é todo o seu objetivo”.

Agora, Tuna não traz alegria apenas para a família, mas para todos que a visitam. A amorosa gatinha tem necessidades simples, e enquanto ela tiver alguém para acariciá-la, ela será feliz. “Tê-la tem sido incrível. Ela faz toda a nossa família rir. As pessoas adoram vir à nossa casa e conhecê-la. Eles acham que é como conhecer uma celebridade”, completou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários