É importante realizar visitas preventivas ao veterinário
ReproduçãoSshutterstock
É importante realizar visitas preventivas ao veterinário

De acordo com uma pesquisa realizada pela marca, 42% dos tutores adiam a visita à clinica veterinária para evitar estresse ao gato ou por não identificares sintomas de que algo não está bem com a saúde do pet.

Por isso, a Royal Canin traz novamente a campanha “Meu Gato no Vet”, que está em sua terceira edição, visando conscientizar tutores sobre a importância dos cuidados preventivos para a saúde dos gatos. A campanha intitulada “Quem Cuida da Saúde do Meu Gato” promove conversas em um ambiente totalmente online, gerando experiencia e conteúdos para tutores de gatos e veterinários, pelo terceiro ano consecutivo.

“Os gatos, geralmente, não demonstram sintomas perceptíveis para o tutor nas fases iniciais das doenças e esse fator, associado ao escasso conhecimento das particularidades da espécie e os mitos que a cercam, fazem com que muitos tutores pensem que seus gatos não precisam de cuidados específicos com a saúde, acarretando uma frequência baixa ou tardia de visitas ao veterinário. Por isso, estamos muito felizes em propagar mensagens sobre a necessidade de realizar check-ups regulares nos felinos”, conta Carlos Martella, diretor de marketing da empresa no Brasil.

Um levantamento realizado durante a pandemia revelou que houve um aumento de 30% de gatos em lares brasileiros, sendo 16% tutores de primeira viagem. A previsão é que em menos de 10 anos os gatos sejam os pets predominantes no país . Em países como Estados Unidos e Rússia isso já é uma realidade. Com o aumento de novos tutores de felinos, são desenvolvimentos de conteúdos educacionais, totalmente gratuitos, para fortalecer a necessidade do cuidado animal e a saúde preventiva. “À medida que o número de bichanos aumenta nos lares brasileiros, nossa necessidade de dialogar com gateiros cresce, já que nossa missão é promover ‘Saúde Através da Nutrição’ aos pets, assim como compartilhar conhecimento”, completa Martella.

Segundo uma pesquisa realizada pela Royal Canin, 84% dos gateiros consideram os médicos-veterinários como a principal fonte de informação, no entanto, 42% dos tutores adiam a visita para evitar estresse aos gatos, ou por não identificarem nenhum problema visível de saúde no animal.

Conteúdo exclusivo sobre saúde felina

Em 2021,  a campanha lança um vídeo manifesto que traz uma tutora de primeira viagem mostrando a vivência com seu bichano e a importância do veterinário na saúde do pet. A ideia é aumentar a conscientização sobre a importância das visitas regulares dos gatos ao veterinário, gerando conversas constantes com os tutores, os mantendo bem-informados.

As dicas vão desde a retirada do gato de seu ambiente, passando pelo transporte, até a chegada à clínica-veterinária.

Você viu?

Clínicas especializadas e adaptadas para gatos

Na página, os tutores terão disponíveis dicas para encontrar clínicas cat-friendly. Esse conceito de clínicas especializada para o atendimento de gatos concentram esforços para que os felinos passem menos estresse durante os atendimentos, com salas de espera, consultórios e área de internação dedicados exclusivamente para eles, além de uma equipe médica e técnica especializada em felinos.

Outros conteúdos

Além de todo o atendimento médico, a campanha também traz o podcast “Papo de Gato”, desenvolvido para os gateiros, com sete novos episódios disponíveis no Spotify, contam com a participação de médicos-veterinários convidados, com a apresentação de Ana Carolina Rocha .

Parcerias inédita com a redes de hospitais

Outra novidade é a parceria firmada com a rede de hospitais Pet Care e TECSA Laboratórios, totalmente alinhada a prevenção. Todos os tutores de gatos adotados pelas ONGs  Adote um Gatinho , Gatópoles  e SOS Pet Alpha , no período da campanha, terão a oportunidade de realizar um check-up no novo bichano, que deverá ser agendado em uma unidade Pet Care em até 10 dias após a adoção.

Além disso, junto a TECSA Laboratórios serão disponibilizados exames de diagnóstico de Esporotricose, reforçando assim o empenho no cuidado preventivo com os animais. Nesta ação, participam cinco ONGs de São Paulo e Rio de Janeiro. Serão disponibilizados 300 vouchers para triagem e 150 para titulação - que poderão ser utilizados assim que for identificada a suspeita desta patologia ou como um acompanhamento do tratamento.

Também serão oferecidos descontos exclusivos em kits de Testes Rápidos e alguns exames para ONGs de proteção animal de todo o Brasil. As instituições poderão comprar os Testes Rápidos de Parvovirose/Corona, Giárdia,  FIV/FELV e Dirofilária e terão os exames de PCR confirmatórios com um desconto especial.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários