O banho no mini pig pode ser feito de 15 em 15 dias
shutterstock
O banho no mini pig pode ser feito de 15 em 15 dias


Você está pensando em ter um  bichinho de estimação diferente dos tradicionais, como um gato ou um cachorro ? Que tal um mini porco? Esse pequeno suíno que não chega no tamanho de um porco comum e por isso precisam de menos espaço, podendo viver em casas e apartamentos.


Se você quer ter o animal, mas ainda tem algumas dúvidas, a veterinária especializada em exóticos da clínica SPet junto a Cobasi Ricardo Jafet, Paula Bittencourt conversou com o Canal do Pet para te ajudar, confira. 

Você viu?



Alimentação do miniporco 

Os pequenos suínos são onívoros, mas como todos os outros animais, precisam ter uma alimentação nutritiva e especializada para eles. Em lojas de artigos para agropecuária é possível encontrar a alimentação especializada em mini porcos. 

Se você sentir a necessidade de reforçar a alimentação, a veterinária diz que pode complementar a alimentação com legumes, verduras e grãos, pois não pode dar restos de comida para humanos ou rações de outros animais, já que pode fazer muito mal para os porquinhos. Além disso, ele deve ter sempre à disposição água limpa e fresca. 

Higiene e espaço 

Assim como na alimentação, os porquinhos não dão nenhum trabalho relacionado à higiene. Eles aprendem muito fácil e conseguem ser ensinados a fazer as necessidades em locais específicos rapidamente. Você pode ensiná-los a usarem aquelas caixas usadas pelos gatos, ou algum lugar no quintal ou no apartamento. 

Por terem um porte pequeno, os mini porcos podem sim ser criados em apartamentos. Porém, a veterinária explica que o ideal seja um espaço para eles correrem e brincarem mais livremente. Se você não possuir esse espaço todo, não tem problema! É só levar o animal para passeios diários para ele gastar a energia. 

Em relação a higienização: os mini pigs poden tomar banho uma vez por semana, com shampoo neutro e água morna. A pele do mini porco é sensível, então precisa de hidratantes e protetor solar todos os dias, para evitar descamações. 

Outro cuidado necessário é cortar as unhas (casquear), que serve para não desgastar os cascos. Se isso não for feito pelo menos a cada dois meses por um profissional, pode prejudicar a locomoção do animal, causando problemas ósseos e articulares. 

“Depois de um mini porco se tornar seu animal de estimação ele deve ser levado ao veterinário a cada 6 meses para vermifugação, anualmente para vacinação e sempre que necessário para cuidados com os dentes do animal, casqueamento, castração e cuidados de saúde”, explica. 

Como saber se o mini porco não vai crescer? 

Agora que você já sabe os cuidados necessários com o mini porco, uma dúvida que ainda deve ter e como saber se é animal vai continuar pequeno mesmo. 

Bittercourt explica que um porco normal, na idade adulta, chega a 200kg. Portanto, quando chamamos um porco de mini significa que ele é pequeno comparado com um normal, mas pode chegar a pesar mais de 80kg.

Por isso, na hora de escolher o animal, precisa tomar cuidado para não ser enganado. Não existem características físicas que diferenciam um porco normal filhote de um mini porco. Quando um porco normal atinge seus 60 a 75 dias ele pode estar com o peso de um mini pig jovem, por exemplo.

“Quando muito filhotinhos é fácil de perceber que se trata de um bebê, mas é muito difícil saber qual o peso que esse bebê vai atingir quando adulto. A orientação é adquirir um mini pig de um criador de confiança e se possível conhecer os pais do bichinho", diz.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários