Tamanho do texto

Um dos fatores relevantes na hora de escolher uma raça é a probabilidade de ter sobrepeso

Um dos maiores desafios para muitos tutores é ter um critério específico para escolher uma raça para adotar. A beleza, o porte ou a facilidade de treiná-lo são alguns dos pontos levados em conta. Mas e a tendência à obesidade? Esse é um fator muitas vezes esquecido, porém importante e influente no estilo de vida que o cachorro deve ter.

+8 raças de cachorro que quase não soltam pelo

A predisposição à obesidade deve alertar a família para cuidar da alimentação e garantir exercícios físicos ao pet. Quanto mais preguiçoso e sedentário ele for, maiores as chances de ficar gordinho. 

Para saber, afinal, quais as raças de cães mais propensos ao sobrepeso, acompanhe a lista.

1. Beagle

Beagle
shutterstock
Beagle




O Beagle é amável, carinhoso e muito companheiro, perfeito para conviver com crianças.  Tornou-se muito popular principalmente por esse motivo. E não precisam viver em casas muito grandes, adaptam-se facilmente em apartamento. Mas é importante lembrar que devem sair para longas caminhadas diariamente, para gastar pelo menos uma parte da energia infindável que acumulam. É um cachorro muito ativo e precisa explorar isso para evitar o sobrepeso

2. Pug

Pug
shutterstock
Pug




O Pug  pode ser descrito como brincalhão e alegre. Está sempre pronto para fazer companhia ao dono e é uma ótima opção para os que moram sozinhos ou em apartamento. O tamanho pequeno e o pelo curto e liso tornam esse fofinho fácil de cuidar, apesar dos problemas de saúde.

Ele é braquicefálico, ou seja, tem um focinho encurtado e dificuldade para respirar. Isso impede a realização de exercícios muito intensos. Fica exausto rapidamente e a falta de atividade física leva à obesidade. Para ajudar esse pet, a alimentação deve ser balanceada e sempre recomendada pelo veterinário.

3. Bulldog Inglês

Bulldog Inglês é um dos cães com mais tendência à obesidade
shutterstock
Bulldog Inglês é um dos cães com mais tendência à obesidade




O Bulldog Inglês  sofre da mesma síndrome braquicefálica e consequentemente tem as vias aéreas obstruídas. Além disso, é um cão preguiçoso e que não gosta de se exercitar, sendo difícil prender sua atenção por muito tempo em uma brincadeira ou jogo. Esses dois fatores juntos tornam essa raça sedentária e deve ser levada a caminhadas diárias para evitar complicações futuras, como prejudicar a coluna ou agravar problemas já existentes.

4. Dachshund

O Dachshund é tão amável que você vai querer adotar um
Reprodução/ Redes Sociais
O Dachshund é tão amável que você vai querer adotar um




São uma ótima escolha para apartamentos, devido ao tamanho e à facilidade de cuidar, e podem ser incríveis cães de terapia. O Dachshund é um companheiro versátil, é inteligente, animado e corajoso, e pode até ser um bom cão de guarda, pois estranha pessoas novas e pode latir bastante.

O primeiro cuidado a tomar com a raça é controlar sua alimentação, pois eles podem comer demais. Por isso, deixe bem escondido aquele pacote de biscoitos ou aquele pãozinho que chama atenção do pet. A consequência, em pouco tempo, é engordar e até se tornarem obesos.

Isso colocará mais pressão sobre suas costas, e esse é o segundo cuidado principal: por ter costas longas, essa raça é suscetível a sofrer com problemas de hérnia de disco ou até paralisia.

5. Labrador

O Labrador Retriever além de inteligente é muito dócil e amoroso
Reprodução
O Labrador Retriever além de inteligente é muito dócil e amoroso




Ágil e com excelente olfato, o Labrador  é muito utilizado como cão-guia para cegos e em operações de resgate, busca e salvamento. É gentil, fiel, obediente e gosta de agradar ao dono.

Tem uma energia transbordante e está sempre animado para a próxima brincadeira. Precisa de exercícios diários, como caminhadas longas e passeios para manter a saúde. O sedentarismo, além de levar ao sobrepeso do animal, deixa-o entendiado e destrutivo, mordendo objetos da casa e cavar o jardim sem parar. Por isso, para evitar a obesidade, nada melhor que um quintal enorme para correr e brincar, unido a saídas com o tutor.

6. Cocker

Conheça mais sobre a raça cocker spaniel inglês
reprodução shutterstock
Conheça mais sobre a raça cocker spaniel inglês




É uma raça dócil, amigável e de fácil adestramento. Pode facilmente viver em apartamentos e casas pequenas. O Cocker  é uma ótima companhia, tanto para crianças quando para o resto da família. É bastante inteligente, tem uma boa relação com outros animais e late pouco.

De forma geral é saudável, mas deve ter sua dieta controlada para evitar problemas cardíacos, diabetes e outras consequências do sobrepeso. É uma raça bem enérgica e gosta de se exercitar. Necessita sair todos os dias, fazendo longos passeios ou com atividades intensas no quintal. Indicado que seja levado para caminhar uma ou duas vezes por dia. A falta de atividade física pode resultar em problemas de saúde sérios.

7. Rottweiler

Rottweiler
shutterstock
Rottweiler




É protetor, apegado à família e muito corajoso. O Rottweiler  está posicionado na 9a colocação no ranking de inteligência. Apesar de ser territorial, é também dócil e amigável, em especial com quem já conhece. 

Essa raça é bastante ativa e o ideal é ter um quintal espaçoso e viver em casa grande para poder explorar a energia abundante que tem. De uma a duas horas diárias de atividade são suficientes para ele se acalmar e tornar-se um cão mais tranquilo e controlado.

Além de ficar destrutivo, o sobrepeso é quase uma regra para cachorros sedentários - principalmente grande como este é. A displasia do quadril, uma inflamação nas articulações do pet, tende a piorar ainda mais quando as pernas já não conseguem carregar o peso excessivo.

8. Terra Nova

Terra Nova
Reprodução/ Shutterstock
Terra Nova




O Terra Nova  é um dos cães mais doces, simpáticos, gentis e afetuosos, além de muito paciente e amigável com as crianças. Próprio para pessoas de todas as idades, ele ainda pode conviver com outros animais sem problemas.

Esse cão de grande porte precisa de atividade regular e o melhor exercício que você pode oferecer a um Terra Nova é a natação, pois ele adora água e é um exímio nadador, perfeitamente adaptado para mergulho. Um espaço grande na casa é ideal para que ele se exercite e se estique sozinho.


9. Boxer

Boxer
Reprodução
Boxer




O Boxer é brincalhão, expressivo e adora a companhia da família. Costuma se dar bem com outros cães e é paciente e dócil com crianças. É ativo e precisa de exercícios físicos, além de uma casa espaçosa para viver. Será mais feliz e saudável se puder correr e brincar em um quintal vasto. 

A obesidade no caso desse cão é indireta e provocada pelo hipotireoidismo, uma disfunção atrelada à gândula tireoide, levando ao aumento de peso. Para evitar isso a melhor solução é garantir uma vida ativa ao pet.

10. Pastor Alemão

Pastor Alemão
Reprodução
Pastor Alemão




O Pastor Alemão  tem uma lealdade e companheirismo únicos. O porte grande corresponde ao amor e valor que dá à família. Com estranhos é um pouco desconfiado, mas adora as crianças, com quem faz amizade facilmente. A energia e animação acompanham o cão e exige do tutor caminhadas longas, além de exercícios longos. A alimentação também deve ser balacneada. Mas se tiver um quintal grande para correr será feliz e mais saudável. 

11. Basset Hound

Basset Hound
shutterstock
Basset Hound




Gracioso e belo, o Basset Hound  é também uma raça de fácil convívio, que faz de tudo para agradar sua família e é muito bem humorado. Amável com outros animais de estimação e crianças, ele tem disposição agradável e amigável.

O Basset Hound é um natural comilão. Está sempre em busca das migalhas e dos biscoitinhos oferecidos pelo tutor. O ideal é alimentá-lo apenas três vezes por dia e em pequenas quantidades. A vontade de comer tudo que vê, junto à torção gástrica (aumento do volume do estômago causado pela intensificação da fermentação) pode causar sérios problemas de saúde. 

A natureza dele é preguiçosa e adora passar horas com a família no sofá, o que tende a piorar a situação. Ele deve - obrigatoriamente - praticar atividade física todos os dias para evitar o sobrepeso e outros problemas de saúde.

12. Shih Tzu

O Shi Tzu é uma das raças mais indicadas de cachorro para apartamento
Reprodução
O Shi Tzu é uma das raças mais indicadas de cachorro para apartamento

São ótimos cães de colo , adoram brincar e se dão muito bem com crianças. É muito leal aos seus tutores, sendo mais feliz quando está com sua família e, claro, recebendo carinho e atenção. O pequeno porte do Shih Tzu  permite viver em apartamento e espaços menores. Tem perfil de cão de guarda, apesar do tamanho. 

Tende a ser preguiçoso e não é dos mais ágeis. Aliás, se ele puder escolher entre ficar em casa e ir para passear, com certeza o sofá seria sua opção. Para evitar que engorde e torne-se um cão não saudável, é importante ter uma dieta balanceada e não ingerir alimentos típicos de humanos , como biscoitinhos, massas e frutas em excesso.




    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.