Cachorro recebendo atendimento de voluntária da ONG
Paraíso dos Focinhos
Cachorro recebendo atendimento de voluntária da ONG

A ONG Paraíso dos Focinhos trabalha há 12 anos com o resgate de animais vítimas de abandono e maus-tratos. Localizada na cidade do Rio de Janeiro a organização conta com doações para oferecer abrigo e todos os cuidados necessários para animais de rua e também pets de famílias que não tenham condições de arcar com os custos médicos, como os da castração.

Para suprir a alta demanda de animais carentes, o Paraíso dos Focinho tem o objetivo de construir um Hospital Popular Veterinário que oferecerá 50% de todos os atendimentos totalmente gratuitos e 50% a preço popular.

Para a construção do local foi aberto um financiamento coletivo que tem como meta arrecadar R$ 200 mil. O doador, além de ajudar a garantir os cuidados com a saúde de centenas de animais carentes, ainda pode levar prêmios oferecidos pela ONG.  Para doar, basta clicar aqui!

Em um sítio abandonado

A Paraíso dos Focinhos teve início quando a jornalista Hanri Soares e uma amiga foram até um sítio abandonado onde haviam 50 cachorros e 30 gatos em condições precárias, sem divisórias e passando fome, sede e necessitando de cuidados médicos.

“Eles eram tratados por protetores que não tinham estrutura, após serem retirados de uma acumuladora e colocados nesse sítio”, conta Hanri, presidente da ONG, ao Canal do Pet. “Nós fomos até lá, vimos a necessidade e começamos a nos movimentar para que acontecesse a ONG, que foi crescendo, deixando de ser apenas um sítio abandonado para se tornar o que é hoje”.

Uma clínica móvel

Ônibus adaptado com equipamentos cirúrgicos para castrações gratuitas de animais carentes
Paraíso dos Focinhos
Ônibus adaptado com equipamentos cirúrgicos para castrações gratuitas de animais carentes

O Hospital Popular Veterinário tem como objetivo expandir o que atualmente é oferecido desde 2018 por meio do chamado “Castramóvel”, um ônibus totalmente adaptado para oferecer serviço de castração totalmente gratuito  para famílias de baixa renda e animais de rua.

“Nós fazemos um cadastro e vamos até uma determinada região com dois veterinários, dois assistentes, o motorista (do ônibus) e alguns voluntários que fazem todos os atendimentos iniciais como a pesagem do animal, a verificação dos dados dos tutores. Confirmado que os animais estão em condições clínicas adequadas, eles já saem de lá castrados e com todos os medicamentos e roupinha cirúrgica”, explica a presidente da ONG.

Ao animal é dado um antibiótico de longa duração e remédios para dor, especialmente por muitos se tratarem de animais de protetores, de rua e famílias que não têm condições de pagar pelos medicamentos. São atendidos cerca de 50 animais por dia, parte dos medicamentos são doados por uma instituição privada, no entanto a maior parte é arcada pela Paraíso dos Focinhos, com o apoio das doações.

O projeto e financiamento para o Hospital Popular

A campanha de financiamento tem até 19 de junho para arrecadar toda a verba necessária para a fundação do hospital veterinário. Porém, o público não se mostrou muito engajado para a colaboração.

“Nós já percebemos que algumas campanhas andam bem, mas outras, considerando o objetivo, não vão tão bem assim”, diz Hanri. “As campanhas precisam muito de impulsionamento e nós estamos passando por uma fase difícil na ONG, então não tivemos como impulsionar nas mídias sociais”.

A jornalista acredita que o momento econômico do país é um grande fator prejudicial, já que muitas pessoas estão sem condições para colaborar. “Nós acreditamos que, como a ONG já tem uma estrutura de atendimento como o ‘Castramóvel’ e o apoio de uma clínica parceira, as pessoas também não se animaram muito em fazer um hospital gratuito popular”, lamenta.

Outro fator aliado ao aparente desinteresse público, segundo Hanri, é que muitas pessoas acreditam que já exista muitas ações voltadas para animais, o que não é verdade. “A Fazenda Modelo é o único órgão público que ajuda e não faz absolutamente nada pelos animais”, diz.

A triagem para o atendimento

Tendo como objetivo oferecer atendimentos gratuitos ou a preços populares, a triagem será feita pela comprovação da não possibilidade de pagamento.

“Nós vamos entender um pouco a vida financeira do paciente – do tutor. Vamos pedir contracheque, entender como a pessoa vive, as condições e locais que ela vive em comunidade, se ela vive na Avenida do Pepê. Vamos fazer uma ficha para avaliar se existe mesmo a necessidade de atendimento gratuito, para não ter risco de tirar a oportunidade de quem realmente precisa”.

Rostos conhecidos

O Paraíso dos Focinhos tem como madrinha a atriz Paolla Oliveira e, como padrinho, o ator e comediante Marcelo Adnet.

“A Paolla é apaixonada pelos animais, ela é enlouquecida por eles e faz muito por muitos protetores, não só pelo Paraíso dos Focinhos, mas ela é a nossa madrinha”, conta Soares.

A atriz procurou pela ONG no passado pedindo ajuda para resgatar gatos que estavam em sofrimento em um local insalubre. “Ela nos ofereceu a imagem dela gratuitamente para nos ajudar por amar a causa. Ela é uma pessoa que faz muito e tem um coração gigantesco, nos pediu ajuda porque se comoveu com os gatos e sabia que nós tínhamos um espaço para recebe-los e ficariam bem conosco. Ao mesmo tempo, ela se sentiu na obrigação de ajudar da forma mais poderosa, que é a imagem dela junto à ONG”, continua.

Marcelo Adnet foi até a ONG para adotar um animal de estimação e se encantou pelo trabalho, também se oferecendo para ajudar e ser o padrinho. “É claro que nós aceitamos porque ele é um querido. Ele e a esposa (Patrícia Cardoso) nos ajudam bastante”, pontua.

O trabalho do Paraíso dos Focinhos pode ser acompanhado pelas redes sociais como  InstagramFacebook, pelo  canal no YouTubepelo site oficial. Para colaborar com o Hospital Popular Veterinário e ajudar milhares de animais carentes, doe  qualquer valor pela campanha que recebe o apoio do iG Causas.

Marcelo Adnet anuncia campanha de inverno realizada pela ONG em junho de 2021.

Para garantir que o seu pet terá toda a ajuda sempre que precisar, iG Pet Saúde está com novos planos. Cães e gatos podem contar com consultas de rotina e de emergência, cirurgias, vacinas e muito mais. Conheça todas a vantagens de se ter um plano de saúde pensado especialmente para você e para o seu pet!

Acompanhe o  Canal do Pet e os maiores destaques do  Portal iG no Telegram!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários