Pinscher sentado no chão olhando para câmera
shutterstock
O cão da raça pinscher é um bom pet? Descubra

Quem nunca julgou um cão da raça pinscher  que atire a primeira pedra. A fama deles é de pouco amáveis, agressivos (apesar do tamanho minúsculo) e de latido irritante. Por isso listamos aqui 5 motivos para você não ter um pinscher como animal de estimação. Atenção: esta lista contém ironia.


1. Eles são muito bravos!

Dá só uma olhada no quanto esse bicho é agressivo! Os pinchers são pequenos, mas é melhor não mexer com eles. Pelo tamanho, parecem um amorzinho, mas são animais perigosos e de difícil trato como pets.

2. Nada dóceis

Se você está procurando um pet que te ofereça amor e carinho, pode esquecer. Com um pinscher você não terá nada disso, pois eles não gostam muito do contato humano.

3. Não gostam de crianças

Esses cachorrinhos podem ser um problema para os baixinhos devido a sua agressividade. Crianças gostam de brincar com os pets e com os pinschers isso pode ser perigoso. Além do mais, eles não gostam muito de pessoas no geral mesmo. Olha só essa imagem!

4. Não se dão bem com visitas

Como não são muito fãs de pessoas, se você gosta de receber visitas em casa, vai ser um pouco complicado com esse bichinho por perto. Ele pode acabar causando um problema no ambiente e espantar as pessoas para fora da sua casa.

5. São difíceis de cuidar

Além do fator comportamental, esta é uma raça difícil de cuidar e que só vai te dar despesa. Sua atenção e os seus gastos com o pinscher terá que ser redobrada o tempo todo.

Esclarecimento da veterinária

Será mesmo que esses preonceitos são verdadeiros? De acordo com a veterinária Roseli Berto Sabbadini, apesar da carinha de invocado que apresentam geralmente, cães da raça pinscher são facilmente adaptáveis, seu tamanho é o mais "compacto" que poderia existir, além de serem bem amorosos ao seu tutor, amam estar sempre ao seu lado e são completamente dispostos a defendê-los a qualquer sinal de "perigo".

Eles são cães ágeis e adoram brincadeiras, portanto, podem ser ótimos companheiros de crianças. Porém, é importante sempre ter cuidado com aproximações abruptas e brincadeiras que possam machucá-lo, seu instinto fala mais alto e mordidas podem ocorrer.

Em relação aos cuidados com o pet, por possuir pelo curto, de baixo custo de manutenção, não precisa ser um frequentador assíduo de petshop. Escovações diárias mantém sua pelagem sempre brilhante e evitam pelos pela casa. Por serem muito ativos, e com um metabolismo rápido, requerem um pouco de atenção em sua alimentação, para evitar que acabem comendo demais.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários