A raça pitbull é uma das que mais sofre preconceito. Ao longo do tempo, esses cãezinhos foram ficando (injustamente) conhecidos como agressivos e pouco amistosos, sendo mais usados como opções de cães de guarda do que companheiros.

Sendo assim, pedimos para a médica veterinária Anna Carolina Tinti explicar os motivos que fazem este cão ser tão temido e por que ele não é um bom bicho de estimação. Atenção: esta lista contém ironia.

pitbull deitado em cama e sorrindo
Reprodução/ Facebook
Pitbull


Eles são extremamente agressivos

Pitbulls podem perder a paciência facilemnet e acabar machucando as pessoas, afinal, não é à toa que são uma das raças em que as pessoas dizem ser as mais violentas. Podemos ver isso claramente com esse doguinho aí do vídeo.

Não se dão bem com crianças

Olhem como esse pitbull trata esse bebê. Muito cuidado ao deixar essa raça perto das crianças, eles ficam muito agressivos.

Não são cães feitos para serem seus companheiros

Ver essa foto no Instagram

🧡❤😍 video from : @kashythebully

Uma publicação compartilhada por Pit Bull Dogs (@pitbull.today) em


Pitbulls não gostam de ficar perto de pessoas, então se você estiver procurando um amigo para os momentos bons e ruins, o pitbull não parece uma boa ideia. Veja este cão como é agressivo.

Não se dão bem com outros animais

Além de não gostarem da companhia dos seres humanos, esses cães também devem ficar longe de outros animais. É instantâneo! Só de olhar para outro bicho seu comportamento agressivo pode vir a tona, olha que perigo.

Não importa quanto carinho dê, é natural deles serem assim

Não importa o amor, carinho e atenção que dê à raça. A índole dele é diferente dos outros cães e são todos naturalmente violentos.

Achou estranho? É, isso é porque nada disso é verdade. Pitbulls são cachorros amáveis e dóceis quando ensinados. Ou seja, nada disso faz sentido e esses bichinhos podem ser ótimos amigos.

    Veja Também

      Mostrar mais