A Internet ama gatos. Seja nos memes ou nos vídeos que lotam as redes sociais, os felinos domésticos estão presença garantida na web. Mas você já parou para pensar em qual seria o gato mais alto do mundo? E o menor? Sabe quanto vale o felino mais caro? Foi pensando nisso que conversamos com a veterinária Adriana Souza dos Santos, clínica geral da Amahvet, que conta a seguir algumas curiosidades sobre raças exóticas de gatos.


Ragdoll - O mais alto

Gato
shutterstock
Ragdoll


Na lista dos gatos mais altos, temos uma bela disputa entre as raças ragdoll e  maine coon, gatos gigantes perto da maioria dos bichanos. O ragdoll possui uma altura média de 25 a 45 centímetros tanto para fêmeas quanto para os machos. Já os maine coons possuem altura de 25 a 41 centímetros, perdendo apenas por 4 centímetros de diferença para o ragdoll. 

Sphynx - O gato "pelado"

Gato
Unsplash
Sphynx

Embora seja conhecido como "o gato sem pelos", o Sphynx possui uma leve penugem que recobre todo seu corpo que é quase invisível a olho nu. O que pouca gente sabe é que há uma outra raça que também tem ausência de pelos. Trata-se do gato peterbald, que possui origem Russa, desenvolvida após melhoramento genético por volta de 1994.


Ashera - o de maior peso que existe

Gato
Reprodução/Pinterest
O ashera pode ficar quase do tamanha de uma criança

Em relação a peso e altura, os maine coons são uma ração de gatos considerada gigante, com animais que podem chegar a ter 14 kg! Já o ashera, que é um gato grande, pesado e também bem menos conhecidos do que os outros dois gigantes da lista, pode chegar pesar até 15 kg,  "destronando"  seus "parentes" mais famosos. Praticamente um tigre em miniatura.

Munchkin - O menorzinho

Gato
shutterstock
Munchkin

O munchkin tem em torno de 15 à 20 centímetros, pesando entre 2,5 até 4 quilos. Também são raças de gatos pequeninos a singapura, que possui uma altura que vai de 20 a 25 centímetros (pesando em  torno de  2 a 4 kg) e o korat, que também entra na lista por ter a mesma altura que o anterior. Há outros pequena estatura e patinhas curtas, mas esses mini gatos se destacam por serem pequenos em tamanho e gigantes na fofura.

Serval - o mais valioso e raro

Gato
Pixabay
Serval

A raça mais cara tem em sua genética os genes de um gato-leopardo e de um gato doméstico. O custo é  alto para ter um desses felinos: o valor pode variar de R$40 mil à R$ 125 mil. No Brasil não se sabe quantos deles existem, mas até o momento sabemos que são poucos indivíduos produzidos e comercializados. 

Bengal - maior valor no Brasil

Gato
Reprodução/ Redes Sociais
Bengal

A raça mais comercializada e de alto valor aqui no Brasil é a bengal (Gato-de-Bengala). Para ser um dono desse felino cujo pelo lindíssimo que lembra uma onça é preciso poder desembolsar até R$ 6 mil.

Persa - o gatinho do focinho achatado

Gato
reprodução shutterstock
Persa

Ter uma raça considerada "nobre" nem sempre é sinônimo de privilégio para os animais. Algo que muita gente não sabe é que os persas, a raça caracterizada pela carinha achatada, é que por serem felinos braquicefálicos eles possuem predisposição a doenças do trato respiratório e odontológico. Logo, essas belezinhas precisam de muita atenção do tutor.


Scottish fold - das orelhinhas dobradas

Gato
Reprodução
Scottish fold

Por conta da predisposição genética a raça scottish fold pode desenvolver ao longo dos anos uma osteocondrodistrofia, ou seja, uma alteração em articulações que causa bastante dor no felino. Por isso os tutores destes peludinhos precisam ficar atentos.

    Veja Também

      Mostrar mais