O aquarismo consiste na prática de criar peixes, plantas, e outros organismos aquáticos em um recipiente, o aquário. Pode ser uma boa atividade para se praticar em tempos de quarentena. Isso porque, a manutenção e os cuidados com um aquário exigem tempo, concentração e dedicação, sendo uma ótima forma de fuga ao estress causado pelo cenário atual. Cláudio Soares, biólogo e responsável pelo setor de aquarismo da Cobasi, explica tudo o que você precisa saber se quiser começar essa experiência.

Menina loira alimentando os peixes dentro de aquário
reprodução shutterstock
O aquarismo pode ser uma forma de relaxamento em tempos de coronavírus

O primeiro ponto é pensar no tamanho e formato do aquário, pois a quantidade de materiais nele e a potência dos equipamentos necessários serão definidos pela capacidade de litros que ele vai suportar. Deve-se levar em consideração o espaço físico que será ocupado pelo aquário, além dos peixes e plantas que irão habitá-lo. 

Leia mais: Em vídeo viral, cães passeiam por aquário fechado durante quarentena na Geórgia

O próximo passo é adquirir os equipamentos que farão o aquário funcionar. Filtro, para filtrar e oxigenar a água; termostato e termômetro, para aquecer e monitorar a temperatura do aquário; e a iluminação, para reproduzir o fotoperíodo – tempo de exposição à luz – dos habitantes desse aquário. No caso dos filtros, Cláudio indica utilizar os externos, pois são mais práticos na hora da manutenção. 

O especialista aponta também que a questão da água é algo muito importante a se pensar. "Começando com o tratamento para remoção de compostos tóxicos (como cloro). O processo é simples, rápido e eficaz, basta adicionar um condicionador de água para aquário. É uma solução que neutraliza todos os metais pesados, deixando a água livre desses composto imediatamente após sua utilização."

Além disso, o pH da água precisa estar adequado ao de cada peixe. "Cada peixe possui um padrão específico de escala de pH, basta simplesmente identificar e ajustar esse parâmetro químico. Para isso, existe o teste de pH, e os corretivos acidificantes e alcalinizantes."

Aquário com alguns peixes branco e laranjas
reprodução shutterstock
Filtro, termostato e termômetro são alguns equipamentos necessários ao seu aquário

Os materias decorativos como cascalhos, rochas, troncos e plantas, e enfeites artificiais são uma forma de se distrair criando um bom ambiente para os peixes. Enfeites naturais exigem uma maior manutenção do aquário, pois liberam compostos orgânicos e se os peixes são herbívoros, podem acabar comendo a decoração. Enfeites artificiais podem ser mais práticos, mas devem ser colocados com moderação, para os peixinhos terem espaço suficiente para nadar. 

Leia mais: Confira algumas brincadeiras que você pode fazer com o pet na quarentena

A hora da manutenção requer paciência e concentração, mas não significa que é uma tarefa difícil. Para limpar o aquário basta fazer uma limpeza dos vidros com uma esponja específica e sem produtos químicos. Em seguida, com um auxílio de um sifão realizar a TPA, ou seja, troca parcial da água. "Nada de esvaziar todo aquário e lavar tudo com sabão, esse processo é errado e pode levar os peixinhos a morte", explica o biólogo.

Para uma melhor alimentação dos peixes, deve se optar por rações e complementos de acordo com o hábito alimentar do animal (existem espécies carnívoros, herbívoros e onívoros) e sua característica de natação (locomoção mais na superfície ou na parte do fundo do aquário). Devem ser alimentados, se possível, de três a quatro vezes por dia. É importante dar comida suficiente para que ela não sobre e entre em estado de deocmposição, dificultando a manutenção posteriormente. 

aquário repleto de plantas
Reprodução Pinterest
Aquários podem conter peixes, plantas e outros organismos aquáticos

Cláudio ainda dá dicas de quais peixes adquirir para o aquário se você é iniciante e deseja recheá-lo com vários deles. "Os peixes recomendados para iniciantes são os mais resistentes, justamente pelo fato do iniciante estar sujeito a cometer algum deslize nos processos. Poecilídeos são uma boa opção, o aquário vai ficar cheio e colorido, sem problema de incompatibilidade entre os peixes."

Leia mais: Confira dicas para deixar o gato tranquilo dentro de casa

O custo de montagem de um aquário vai depender muito do tamanho dele e da  qualidade dos materiais utilizados. De acordo com o biólogo, um aquário simples de 60 litros, equipado com materiais intermediários sairá na faixa de 600 a 800 reais, além dos custos da manutenção. Apesar de ser capaz de ocupar bastante tempo da quarentena, o início do hobby deve ser muito bem pensado para evitar que os animais sejam abandonados depois da volta à rotina normal. 

    Veja Também

      Mostrar mais