Tamanho do texto

A cadela farejadora da PRF do Espírito Santo foi encontrada sem vida após o Flamengo conquistar o título da Libertadores

Os fogos de artifício fizeram mais uma vítima pet no último sábado (23). Usados na comemoração do título da Libertadores após a vitória do Flamengo em cima do River Plate, o ruído estrondoso deles causou uma parada cardíaca na cadela Lua, farejadora da Polícia Rodoviária Federal do Espírito Santo. 

Leia também: Como preparar o seu cachorro para os fogos de artifício do final do ano

cadela ao lado de apreensões que fez arrow-options
Divulgação PRF ES
A 'K9 Lua' morreu após parada cardíaca causada por fogos de artifício

A triste notícia foi dada no perfil oficial da PRF ES no Facebook. "Faleceu na tarde deste sábado a nossa querida cadela farejadora 'K9 Lua'... Ela foi encontrada já sem vida em sua ala. A nossa cadela policial vai deixar saudades."

Lua trabalhava desde 2016 com a PRF e participou de inúmeras apreensões de entorpecentes realizadas em parceria com os policiais do Grupo de Operações com Cães (GOC).

Assim como Lua, muitos animais sofrem com os barulhos dos fogos de artifício. Para acalmá-los e tentar evitar casos fatais, especialistas  indicam uso de feromônios e treinamento para que os bichos se "acostumem" com os ruídos.