Tamanho do texto

O estudo feito pelo Dr. Kristyn Vitale, da Universidade de Oregon, observou 70 gatos em situações de insegurança

Os gatos têm a fama de serem reservados e pouco carinhosos, mas um estudo revelou que eles amam seus donos tanto quanto os cães . As atitudes dos bichanos ainda foram comparadas com as de bebês e uma semelhança foi observada. 

gato com dono arrow-options
Shuttersock
Gatos amam seus donos na mesma intensidade que os cães

 Leia também: Mulher pede fotos de gatos do mundo todo para presentear marido

Para chegar ao resultado o Dr. Kristyn Vitale, idealizador do estudo realizado na Universidade de Oregon, no Reino Unido, contou com a ajuda de pesquisadores especialistas em comportamento para observar 70 gatos em situações de insegurança. Todos os animais que participaram faziam parte de um "teste de base segura". 

O teste foi dividido em três partes de dois minutos, ou seja, durou 6 minutos. Na primeira parte o gato é colocado em uma sala desconhecida junto com o dono. Na segunda o dono sai e deixa o pet sozinho. Na terceira o dono volta para o cômodo. 

"Gatos que se sentem inseguros podem correr e se esconder e muitas pessoas acreditam que todos agem dessa forma, mas a maioria usa o dono como uma fonte de segurança. O gato está tão ligado ao dono que se sente seguro perto dele quando está estressado", disse o Dr. Kristyn ao site Metro News. 

De fato, isso pôde ser observado nas filmagens dos testes. Quando próximos aos donos os gatos se mostram menos estressados do quando sozinhos. Alguns continuaram explorando o cômodo, mas sempre prestando atenção no tutor. Outros que são mais apegados sentaram imóveis no colo de quem confiam. 

Leia também: Motociclista para trânsito para salvar gato perdido em estrada

Ao observarem esse comportamento tanto em bichanos adultos quanto em filhotes, os especialista puderam afirmar que os gatos amam seus donos na mesma intensidade que os cães. 



    Leia tudo sobre: amor