Uma brincadeira inocente pode trazer consequências fatais para os cães. Por pouco isso não aconteceu com Corona, uma Labrador que adora brincar nos parques com seus donos, Pauline e Pete. Eles lançaram um graveto para que a pet pegasse, e ela pegou, mas acabou engolindo um pedaço do graveto. 

Leia também: Cachorro adotado tem ato heroico e impede que idosa morra

O casal não percebeu o que havia acontecido, já que não viram o momento em que Corona engoliu o gaveto, mas se deram conta do problema e da gravidade dele assim que, poucas horas depois, a cadela começou a vomitar sangue. Naquele momento os donos correram com a pet para o veterinário.

cachorro com graveto
shutterstock
Labrador engole graveto e é hospitalizado (imagem ilustrativa)


Depois de uma tomografia, descobriram que o graveto havia rasgado parte do esôfago de Corona, fazendo com que ela vomitasse sangue. Ela foi operada imediatamente, removeram o pedaço de madeira e costuraram o tecido de sua garganta no lugar. 

Felizmente a  cadelinha  se recuperou, porém teve que passar oito dias no hospital veterinário em observação. Depois do susto, Pete e Pauline disseram que nunca mais vão jogar gravetos para que a cadela pegue. Segundo o veterinário que atendeu a pet, ela teve sorte de sobreviver.

Leia também: Filhote de Labrador é melhor no jogo Jenga do que seus donos; veja vídeo

“Corona sofreu um machucado bem feio por causa do graveto. Foi muito sério, ainda mais porque o esôfago nem sempre se recupera 100% e há grandes riscos de infecção”, contou ao site Metro. Ele ainda alerta sobre o perigo dos pedaços de madeira, que se engolidos em certo ângulo, podem acabar empalando o animal vivo.

"Não joguem gravetos aos cães" é o conselho do profissional porque muitas vezes pode ser arriscado demais. Em vez disso, ele recomenda que bolas e brinquedinhos de borracha sejam utilizados como alternativa, já que são próprios para animais e dificilmente causam problemas como o que Corona teve.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários