Tamanho do texto

A idosa Peggy Allen preferia cachorros pequenos que gostassem de colo, mas quando conheceu o Rottweiler Gus isso mudou

Adotar um bichinho de estimação é uma decisão importante, que envolve alguns membros da família. Quando Mike Flanagan decidiu trazer para casa um filhote de cachorro , todos ficaram animados, menos sua sogra, que já pensava nas consequências de ter um Rottweiler enorme. O que ninguém esperava é que eles se tornariam inseparáveis.

"Ela sempre gostou de cães, mas com 80 anos e sendo pequena, um R ottweiler enorme  representa um risco, podia derrubá-la", contou Mike ao The Dodo, sobre a vovó Peggy Allen, como é chamada pela família. "Um Rottweiler? Devo admitir que preferia um cachorro de colo", disse  Peggy na época. 

Gus, o Rottweiler enorme e a vovó Peggy Allen
Instagram/gus_the_rottie
Gus, o Rottweiler enorme e a vovó Peggy Allen


Mike acreditava que mesmo com a resistência da sogra, ela e o novo integrante da família se dariam bem. E ele acertou, desde a primeira vez que ela encontrou o  cão Gus, eles não se separaram mais. "A vovó gosta de paz, sossego e de ter seu espaço. Eles podem não parecer o par perfeito, mas foi inacreditável a rapidez com que se deram bem", contou Mike. 

O norteamericano conta que a vovó também ensinou para Gus que ele poderia subir no colo dela, mas só quando ela chamasse. Isso foi de grande ajuda quando, depois de nove meses, o que era um filhotinho acabou se tornando um cão adulto de quase 45 quilos.

A vida de Peggy também mudou: ela perdeu seu marido nesse meio tempo. Gus não sabia de nada, mas de alguma forma ele sentiu que ela precisava de algo, e se viu determinado em consolá-la. "Ele não saia de perto dela. Dormia no pé da cama dela, esperava ela sair do banheiro, e quando ela saia, ele soltava um uivado de felicidade", revelou Mike. 

"Quando minha esposa disse para Peggy que o  cachorro realmente a amava, sua mãe respondeu 'Nós temos uma conexão'", finalizou. Ao contrário do que muitos pensam, esse Rottweiler não é nem um pouco agressivo. Segundo Mike, ele tem uma relação especial com cada membro da família, principalmente com os filhos dele.

Gus e um dos filhos de Mike
Instagram/gus_the_rottie
Gus e um dos filhos de Mike

"Ele brinca muito com meus filhos, fica de olho na minha filha, alivia a ansiedade da minha esposa, que se sente mais segura com ele em casa. Gus está sempre disponível para proteger e dar amor." A família inteira aprovou o R ottweiler enorme , que agora é considerado mais um filho querido.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.