Tamanho do texto

Além de abrigar 130 coalas, o santuário conta com ornitorrincos, cangurus, diabos-da-tasmânia e outros animais

Quando falamos em Austrália, logo pensamos em animais venenosos. Mas não é só por conta dessas criaturas que o país é famoso. Alguns mamíferos e marsupiais são quase que a marca registrada do local. E, para dar todo conforto para esses eles, o Santuário de Coalas Lone Pine, na cidade de Brisbane, abriga mais de 130 bichos para visitação.

Leia também: Homem flagra animal selvagem em rede de lanchonete famosa

Inaugurado em 1927, o Santuário de Coalas Lone Pine funciona diariamente, e foi criado com o intuito de proteger essa espécie quando doente, abandonada, e machucada, da perseguição pela indústria de peles. Agora, com esse animal fora de perigo, o parque oferece visitação e aulas sobre seus moradores para visitantes. 

Você pode tirar foto com um coala no Santuário de Coalas de Lone Pine
Facebook/Lone Pine Koala Sanctuary
Você pode tirar foto com um coala no Santuário de Coalas de Lone Pine


Lone Pine conta com 18 hectares de espaço livre para cangurus, ornitorrincos, equidnas, diabos-da-tasmânia, coalas, e outros bichos. A maioria deles fica solto para interagir com os humanos que estão de passagem pelo local. O que chama mais a atenção está logo na entrada do parque: os coalas ficam disponíveis por 30 minutos para tirarem fotos com os visitantes. Depois desse tempo, são devolvidos para suas árvores. 

Os coalas são marsupiais, ou seja, mamíferos que carregam seus filhotes dentro de uma bolsa na barriga, semelhante a dos cangurus. Quando maiores, os filhotes ficam nas costas da mãe. Esse animal vive apenas em árvores, por isso sua pelagem é resistente ao sol e à chuva, ficando mais densa no inverno. Eles se alimentam praticamente só de eucalipto, que serve de comida, e mata a sede com apenas o suco oleoso das folhas.

Apesar de serem muito fofinhos, os coalas são muito agressivos quando estão em perigo, podendo machucar gravemente um de seus únicos predadores: os cães dingo, que também são moradores de Lone Pine. 

Ornitorrinco
Instagram/Lone Pine Koala Sanctuary
Ornitorrinco


Quem nunca viu um ornitorrinco ou uma equidna, também tem essa chance. Eles são os únicos mamíferos que botam ovos, e residem no santuário com as outras espécies. Os cangurus são outra atração especial: podem ser alimentados com uma ração especial que fica à venda nas lojas de Lone Pine. Esse marsupial é muito amigável, mas é bom chegar cedo; Durante a tarde ele já não interage tanto, afinal, já comeu muita ração pela manhã. 

Leia também: Animais silvestres: saiba como adquiri-los de forma legal

A Austrália conta com alguns santuários de coalas  semelhantes ao de Lone Pine, e em sua grande maioria é possível interagir com os animais. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.