Tamanho do texto

O crime teria sido motivado após a mulher pisar acidentalmente no rabo da gata, que a arranhou como forma de defesa

Nos últimos meses, vários casos de maus-tratos aos animais têm abalado os brasileiros, como a cadela morta pelo segurança no Carrefour . Dessa vez, quem sofreu foi uma gata moradora de Paraty. Ela foi assassinada a pauladas por uma mulher num mercado no Parque Mangueira, na Costa Verde do Rio de Janeiro. 

Gata é morta a pauladas por mulher dentro de supermercado em Paraty, no Rio de Janeiro. O caso está sendo investigado
Divulgação/ Polícia Civil
Gata é morta a pauladas por mulher dentro de supermercado em Paraty, no Rio de Janeiro. O caso está sendo investigado

De acordo com o estabelecimento, o crime foi motivado após a mulher pisar acidentalmente no rabo da gata , que a arranhou como forma de defesa. A suspeita não teria gostado da atitude e decidiu revidar espancando o animal indefeso. 

Os responsáveis pelo estabelecimento também disseram que ela foi atendida normalmente pelos funcionários enquanto fazia as compras. Apesar disso, não hesitou em buscar um pedaço de pau segundos após ser arranhada e bateu direto na cabeça da gatinha. O animal morreu na hora.

Leia também: Luisa Mell e policiais resgatam 143 cães em canil clandestino no litoral de SP

O caso aconteceu no último domingo (6), mas as fortes imagens da agressão só foram divulgadas segunda à noite. Através delas é possível ver a insensibilidade da mulher na hora do espancamento . Ela bate sem pensar duas vezes no corpo da fêmea, que fica se debatendo durante alguns segundos antes de receber a última paulada.

A divulgação do vídeo nas redes sociais tem causado revolta entre os internautas. A maioria ficou chocado com a agressão e pediram justiça pela gatinha. 

Ao contrário do que muitos imaginam, a felina não vivia nas ruas. Nina foi adotada há aproximadamente três anos pelos donos do mercado. Ela era muito querida entre os funcionários, assim como pelos clientes. Todos que compram no local brincavam ou interagiam de alguma forma com ela.

Leia também: Homem espanca cadela até a morte na frente de sua família no RJ

O caso da gata assassinada foi registrado nesta manhã na 167ª Delegacia de Polícia de Paraty para ser investigado. Não se tem informações sobre a mulher ou seu paradeiro. Quando for encontrada, pode ser condenada de três meses a um ano de detenção, seguido de uma multa. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas