Tamanho do texto

Surto de malária aviária faz zoológico optar por exemplares de plástico

Para alguns, visitar um zoológico é um passeio em família. Muitas pessoas costumam visitar o zoológico de Telford, no Reino Unido, mas o que elas não esperavam era encontrar, em vez de animais de verdade, versões de plástico deles. Isso porque um surto de malária está afetando os pinguins.

Leia também: Sonambulismo canino: os pets também tem esse fenômeno do sono?

Isso mesmo, os  pinguins foram substituídos por exemplares de plástico. O responsável pelo zoológico, Scott Adams, lamentou a ausência das aves. "Nossa equipe e nossos visitantes estavam sabendo já há algum tempo que estávamos planejando trazer pinguins para cá e foi bastante empolgante esperar por isso. Foi obviamente decepcionante termos construído o recinto e ter havido essa escassez", contou em entrevista à BBC. 

Pinguins com malária são substituídos por pinguins de plástico (imagem ilustrativa)
shutterstock
Pinguins com malária são substituídos por pinguins de plástico (imagem ilustrativa)

As espécies que o local aguardava são de pinguins Humboldt, que são comuns no Chile e no Peru. Esse tipo de animal costuma se adaptar bem ao clima do Reino Unido. Só que para a tristeza da população e das aves, uma epidemia de malária aviária está atingindo o local desde 2016, provocando a escassez da espécie.

Leia também: Cachorro invade campo de futebol querendo carinho de jogadores

Sobre a Malária Aviária em pinguins

Em geral, a doença não mata as aves. Só que como os pinguins Hulboldt são mais vulneráveis, eles não criam resistência, e acabam falecendo. A malária aviária é casada por vários tipos de plasmódios, e pode não ter sintomas. Porém, quando existem, os sintomas são: febre, anemia, congestão, aumento de órgãos, e posteriormente a morte.

Apesar da falta dos espécimes, Scott Adams diz que muitos dos visitantes até gostaram da ideia da substituição. "Para ser sincero, algumas crianças têm gostado de encontrar e tirar fotos com os modelos. Nós queremos pelo menos manter o recinto interativo e educacional, as pessoas podem ver alguma coisa e ler sobre pinguins em vez de ficarem olhando para um recinto vazio", finalizou. 

Leia também: Após terrível acidente, cadela consegue sobreviver com apenas duas patas

O vídeo feito pela BBC mostrando os pinguins de plástico pode ser assistido clicando  aqui .


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.